Como sobreviver no comércio online

e-Commercee-Marketing

As novas plataformas de consumo estão aí. E, hoje, é imprescindível que as empresas se ajustem a esta nova realidade. Até porque, pelo menos segundo o barómetro de consumo da Google para Portugal, para 74% dos consumidores, a Internet é já a primeira escolha para recolher informação e comparar produtos. O kuantokusta.pt deixa cinco dicas para que a experiência de compra seja positiva.

 

Não proporcionar uma boa experiência de compra pode ser fatal. E com tantas lojas a proliferar no mundo virtual, o mais certo é que o concorrente “ao lado” ganhe mais um cliente. O comparador de preços KuantoKusta, resolveu deixar cinco dicas para sobreviver, com sucesso, ao e-commerce:

  1. Apostar numa versão mobile friendly. Esta é uma das principais tendências para 2016 e que tem crescido também no KuantoKusta (+ 109% em 2015). Em Portugal, 41% dos consumidores ainda encontra problemas nas páginas mobile dos comerciantes e 21% acaba mesmo por a abandonar a página e procurar uma alternativa.
  1. Apostar num carrinho de compras com poucos passos. Um site simples, intuitivo e funcional e o primeiro passo para cativar a atenção do consumidor, que se sentirá mais confortável ao efetuar as suas compras. 
  1. Criar fichas de produto com informação clara. Por outras palavras, informação transparente e de fácil compreensão de forma a conquistar a confiança do cliente.
  1. Evitar excesso de técnicas intrusivas. Pop-ups, banners publicitários, captação de emails, entre outros, são técnicas de marketing que podem incomodar e irritar o cliente, levando-o ao abandono da loja.
  1. Ser claro no preço final a pagar. Apresentar com clareza os métodos de pagamento e eventuais custos extra (IVA + portes de envio) é fundamental para promover a segurança da compra e a fidelização do cliente.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor