Como alugar um marido e não se sentir constrangida

EmpresasNegócios

Não, não é engano. O título é mesmo como alugar um marido. E efetivamente não tem de se sentir constrangida. Isto porque o “Marido Aluga-se” é basicamente uma empresa de prestação de serviços ao domicílio e empresas, com uma gama tão diversa como limpeza, remodelação de interiores, construção, canalização, entre outros. É desta que aquele quadro é pendurado!

A culpa foi de duas garrafas de vinho verde de Arouca… A “Marido Aluga-se” surge durante um almoço familiar cujo tema de conversa era a crise, a falta de trabalho. Pois que palavra puxa palavra e Susana Gonçalves, já um pouco saturada da situação de desemprego tanto dela como do “marido” Paulo Silva e irmão Luís Gonçalves, resolve brincar com o assunto e tem a ideia de os alugar… “Daí até ao conceito do negócio foi um pulinho e nessa mesma tarde era criada a Marido Aluga-se, o site e a página do Facebook… 24 horas depois, surgia o primeiro trabalho!”, explicou à B!T Luís Gonçalves.

Ou seja, o mercado necessitava de um marido assim: “Vinha-se a sentir a necessidade de haver uma empresa credenciada no mercado para a resolução das pequenas avarias e diversos arranjos em casas particulares e empresas. Se não todas, a maioria das empresas de construção fugiam um pouco a esse tipo de serviços; não era rentável. O que havia no mercado era os chamados biscateiros, que sabem um pouco de tudo, mas quando chega a altura de passar a fatura ou dar garantias, era mais complicado”.

Assim, pode alugar um Marido para pendurar um quadro, montar um candeeiro, montar um varão de cortinado, desentupir uma sanita, mudar um vidro, trocar tomadas, montar móveis, pequenas mudanças, trocar a fita do estore, redimensionar o seu armário. “Enfim, tudo aquilo onde um Marido faça falta nós estaremos disponíveis e sempre, mas sempre, com um sorriso nos lábios”.

Luís Gonçalves explica que mais de 75% dos trabalhos são os pequenos serviços para os quais os clientes alugam o Marido à hora. “Mas, na verdade, atrás de uma torneira a pingar, vem sempre aquele quarto para pintar ou aquela casa de banho para remodelar.”

Tanto é que a empresa tem vindo sempre a crescer. “O cliente do Marido Aluga-se é um cliente que, pelo nosso grau de profissionalismo, idoneidade e transparência fica recorrente e automaticamente faz a melhor publicidade que existe: a boca a boca”.

E tanto assim é que estão a ser reconhecidos e requisitados no mercado da remodelação e recuperação de interiores em grande escala. “Desde obras de extreme make over até à simples pintura de um apartamento, a procura tem aumentado bastante”.

No que respeita aos colaboradores, Luís Gonçalves fez questão de esclarecer que todos possuem contrato formado com a entidade, não sendo a Marido Aluga-se apenas mais uma plataforma de distribuição de serviços. Na Grande Lisboa já contam com mais de uma dúzia de colaboradores ativos e outros tantos em formação para a área do Grande Porto.

“Queremos chegar a todos os grandes centros urbanos do país e apontamos para em finais de 2016 estarmos aptos a dar resposta a nível nacional. Nesse sentido, temos a possibilidade do potencial colaborador se inscrever através do nosso site”.

A promoção tem vindo a ser feita nos mais diversos meios de comunicação, seja a imprensa escrita, a televisão e rádio. “Mas sem dúvida que o maior esforço financeiro é canalizado nas novas tecnologias e redes sociais”.

Para este ano, a Marido Aluga-se tem os seus objetivos bem delineados. Primeiro, o lançamento da aplicação Marido Aluga-se onde à distância de um clique pode ter um Marido em sua casa e em poucos minutos….

Depois, a criação da MA Empresas que, segundo Luís Gonçalves, vem colmatar a necessidade na prestação de serviços de manutenção empresarial sem custos estruturais para a sua empresa.

“Queremos chegar a todos os grandes centros urbanos do país e apontamos para em finais de 2016 estarmos aptos a dar resposta a nível nacional. Queremos continuar a contratar mais e melhores handyman´s e assim contribuir para que de alguma forma aqueles que embora válidos, lá por terem mais de 45, 50 anos mantenham a esperança de uma vida melhor e serem capazes de terem rendimentos fruto do seu trabalho. Queremos ser sempre mais, melhor e alcançar a excelência no mercado nacional como a marca número um em serviços domésticos e empresariais”.

A empresa atua em Lisboa num raio de 40 Km e muito em breve no Grande Porto.

Quanto ao cliente-tipo, apesar de cada vez ser mais abrangente, sem dúvida que o maior target é o público feminino. “Mas de todo acreditamos que as mulheres sejam dependentes dos homens. Não fosse a mentora do projeto a Susana Gonçalves…”

No entanto, diz Luís Gonçalves, estão em crer que muitas das tarefas que executam seriam de alguma forma menos fáceis de serem feitas por uma mulher. “Mas os homens que nos contratam, e cada vez são mais, também têm as suas… fragilidades”.

A aplicação, desenvolvida pela Load Interactive, tem por objetivo maximizar o tempo e dinheiro tanto dos colaboradores como principalmente do cliente. “Será a pedra basilar da MA Empresas e tente imaginar: está em casa, por azar o cano do lava-loiça rompeu, deu-se um curto-circuito no quadro, caiu o móvel da cozinha… Através da App Marido Aluga-se, em poucos minutos terá um Marido em sua casa para resolver essas questões. E por muito menos do que imagina. Além do mais, a App Marido aluga-se irá ter uma funcionalidade totalmente gratuita para todos os seus utilizadores. Marido na Estrada”.

Essa funcionalidade irá permitir que o utilizador em caso de ter um furo no seu veículo possa escolher aleatoriamente o Marido que esteja disponível e mais perto do local…”Ele terá todo o gosto de mudar o pneu”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor