Comissão Europeia estuda monopólio do Android

MobilidadeSO

Segundo documentos descobertos pela Comissão Europeia, e que estão a ser analisados pela mesma organização, o sistema operativo Android pode não ser tão “aberto” quanto a Google quer fazer crer. Apenas uma semana depois de a Google ter escapado a uma multa milionária, a empresa norte-americana pode ter mais um problema com Bruxelas. Embora não

Segundo documentos descobertos pela Comissão Europeia, e que estão a ser analisados pela mesma organização, o sistema operativo Android pode não ser tão “aberto” quanto a Google quer fazer crer.

android-now-ahead-of-apples-ios-in-tablet-market-shareApenas uma semana depois de a Google ter escapado a uma multa milionária, a empresa norte-americana pode ter mais um problema com Bruxelas. Embora não haja confirmação oficial, a Comissão Europeia está a investigar as condições que podem estar a ser impostas às fabricantes que pretendem usar a plataforma móvel da gigante da Internet nos seus dispositivos, com o objetivo de apurar se tais exigências violam as leis antimonopólio na Europa.

Segundo o Wall Street Journal, os documentos em causa mostram que a empresa norte-americana pede à fabricantes que definam o motor de busca por defeito.

O acordo estabelecido pode ir ao pormenor de determinar a localização dessas aplicações nos ecrãs de ambiente de trabalho do dispositivo, como o ícone da Play Store, por exemplo.

Os documentos terão começado a ser analisados pela CE em abril de 2013 mas, só agora, depois de resolvida a questão relativa ao monopólio da área da pesquisa e publicidade online é que a investigação deverá ser oficializada.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor