Colaboradores da Schneider Electric querem igualdade de género

Projetos

De acordo com a Schneider Electric, mais de 23 mil dos seus colaboradores do género masculino assinaram a petição #HeForShe, movimento solidário lançado pela UN Women a favor da igualdade de género.

A petição #HeForShe foi criada em 2014, pela UN Women, entidade das Nações Unidas para a igualdade de género e valorização da mulher. O seu objetivo passa por um esforço global para envolver o género masculino na eliminação de barreiras sociais e culturais que impedem as mulheres de atingirem o seu potencial.

Esta ação pretende convidar os homens a tornarem-se parceiros na criação e implementação de uma visão partilhada da igualdade de género, para benefício da humanidade. A campanha visa reunir mil milhões de homens no apoio à igualdade de género e valorização da mulher, começando pelo incentivo e positivismo, evoluindo para o apoio concreto através da ação e da mudança social. Os homens podem juntar-se ao movimento através de ativações online e de smartphone em eventos rurais e urbanos, e de tecnologia de ativação mobile.

A campanha interna #HeForShe da Schneider Electric teve início em junho de 2015. No final de outubro, mais de 23 mil colaboradores do género masculino da Schneider Electric assinaram a petição, dos quais se destacam colaboradores de países como Índia, Brasil, Estados Unidos da América ou França. Os apoiantes são encorajados a falarem publicamente e a partilharem o seu testemunho e comprometimento para com a diversidade e igualdade de género, tanto interna como externamente. A título de exemplo, os colaboradores podem ilustrar o seu compromisso publicando selfies de apoio ao movimento solidário #HeForShe nas redes sociais.

A par desta iniciativa, as equipas da Schneider Electric estão também a organizar eventos dedicados ao movimento e a publicar as suas fotografias e vídeos na rede social interna da Schneider Electric.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor