Co-fundador do Youtube critica novo sistema de comentários da Google

Software

O co-fundador do Youtube, Jawed Karim, questionou a integração do sistema de comentários da plataforma de vídeos com a plataforma social Google+. A medida da multinacional também não foi bem recebida por parte de muitos utilizadores. A Google anunciou no final de setembro deste ano que ia alterar o sistema de comentários do Youtube, de modo

O co-fundador do Youtube, Jawed Karim, questionou a integração do sistema de comentários da plataforma de vídeos com a plataforma social Google+. A medida da multinacional também não foi bem recebida por parte de muitos utilizadores.

img_como_baixar_videos_do_youtube_usando_o_voobys_2264_origA Google anunciou no final de setembro deste ano que ia alterar o sistema de comentários do Youtube, de modo a criar integração com a plataforma social Google+. Assim, Jawed Karim, quebrou um silêncio que durava há oito anos para saber o porquê da necessidade de ter uma conta no Google+ para comentar um vídeo.

Já quase 55 mil publicações avaliam a nova forma de comunicação no vídeo onde a Google explica as alterações que implementou no serviço de comentários do Youtube. A maioria dessas publicações são de crítica negativa.

O co-fundador da plataforma de vídeos mais famosa do mundo não está contente com o rumo que o serviço de vídeos está a levar, pelo menos na parte de interação entre os utilizadores. Agora sempre que alguém comenta no YouTube, mesmo que o utilizador não queira usar a plataforma para fins sociais, essa ação aparece no fluxo de publicações do Google+.

A multinacional norte-americana defende que a mudança torna o serviço mais transparente, mais responsável e permite definir diferentes tipos de importância para os comentários.

Esta já não é a primeira vez que a Google é criticada por querer “impor” a plataforma social aos utilizadores. A gigante de serviços online e software tem integrado quase todos os serviços ao Google+, sendo que no caso do Youtube, entre outros, é obrigatório ter uma conta no serviço.

Vic Gundotra, vice-presidente de software da Google, revelou que o Google+ tem 540 milhões de utilizadores ativos por mês e que são carregadas cerca de 1,5 mil milhões de fotos na plataforma por semana.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor