CMVM já tem relatório de auditoria à PT SGPS e Rioforte

OperadoresProjetosRedesService-Provider

A CMVM já teve acesso ao relatório da auditoria às relações entre a PT SGPS e a Rioforte. As conclusões podem ser divulgadas ainda hoje.  O relatório foi entregue ontem pela PT SGPS à CMVM, ao fim da tarde, de acordo com informação apurada pelo Jornal de Negócios. A CMVM também já confirmou a recepção

A CMVM já teve acesso ao relatório da auditoria às relações entre a PT SGPS e a Rioforte. As conclusões podem ser divulgadas ainda hoje. 

1l0mwjdozmqcvfr4odzwsigcu

O relatório foi entregue ontem pela PT SGPS à CMVM, ao fim da tarde, de acordo com informação apurada pelo Jornal de Negócios. A CMVM também já confirmou a recepção do documento.

As buscas feitas ontem à sede da PT SGPS, em Picoas, Lisboa, procuraram o relatório da auditoria feita pela consultora PwC – cujas instalações também foram alvo de buscas por parte da PJ. O Ministério Público quer avaliar as relações entre a operadora e a Rioforte, pertencente ao Grupo Espírito Santos, desde o ano 2000.

Vários acionistas da Portugal Telecom queixaram-se de que não poderiam tomar uma decisão consciente sobre a venda da PT Portugal à Altice, sem terem acesso a informações sobre a auditoria feita pela PwC.

Esta auditoria já tinha sido pedida pelo conselho de administração da PT SGPS, ainda durante a liderança de Henrique Granadeiro. As buscas nos escritórios da PT SGPS tinham como objetivo a obtenção do documento final, uma vez que o regulador só tinha tido acesso a uma versão provisória que, do ponto de vista jurídico, não tem qualquer valor.

Resta agora saber se, com estas informações, a Assembleia-geral será ou não adiada, conforme foi noticiado esta manhã.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor