Cloud catapulta valor da Amazon

CloudEmpresasGestãoNegóciosResultados

A Amazon vale agora mais de 270 mil milhões de dólares, depois das receitas geradas pelo negócio de serviços cloud terem quase duplicado durante o segundo trimestre.

O valor das ações da gigante norte-americana do comércio eletrónico saltou mais de 20 por cento na sexta-feira passada, acrescentando cerca de 46 mil milhões de dólares ao seu valor de mercado. Este crescimento foi estimulado pelo aumento da rentabilidade da sua unidade de serviços cloud AWS.

Analistas de Wall Street, de acordo com a Reuters, olham agora para este segmento de negócio como o motor da rentabilidade sustentável da Amazon. Investimentos disciplinados e o fortalecimento de áreas de negócio férteis vão permitir à empresa, liderada pelo CEO Jeff Bezos, gerar maiores lucros e, também de grande importância, reconquistar a confiança dos investidores, depois de, em 2014, ter ficado mal vista aos olhos destes, devido aos fracassos do Fire Phone e da Fire TV.

A unidade de serviços cloud da Amazon conseguiu uma margem de lucros operacionais de 21,4 por cento, no período de abril a junho deste ano.

A empresa de e-commerce considera que o negócio AWS é o principal motor do seu crescimento, a par do Amazon Prime – serviço premium da empresa – e do Marketplace – plataforma através da qual a Amazon atua como intermediário para vendedores.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor