Clientes de mobile money chegaram a 61 milhões em 2013

MobilidadeNegócios

Entre os anúncios feitos durante o Mobile World Congress 2014, a GSMA revelou um levantamento que mostra o crescimento expressivo dos pagamentos móveis em vários países. Os serviços de m-payment continuam a aumentar em escala, agora que 13 serviços já contam com um milhão de contas ativas, cada um o programa Mobile Money for the

cintillo-mwc2014Entre os anúncios feitos durante o Mobile World Congress 2014, a GSMA revelou um levantamento que mostra o crescimento expressivo dos pagamentos móveis em vários países.

Visa-payWave-Mobile-e1393422759502Os serviços de m-payment continuam a aumentar em escala, agora que 13 serviços já contam com um milhão de contas ativas, cada um o programa Mobile Money for the Unbanked (MMU) da GSMA, que permite ao público não bancarizado utilizar serviços financeiros através de dispositivos móveis, divulgou o relatório anual sobre a situação do setor, o Mobile Financial Services State of the Industry Report, o qual faz uma avaliação quantitativa da situação dos serviços financeiros móveis, inclusive transações financeiras, de seguros, e de crédito e poupança, todas através de dispositivos móveis.

O relatório utiliza os resultados da Pesquisa Global Anual de MMU, bem como os dados do sistema online de Rastreio das Instalações de MMU, além de insights qualitativos sobre a performance dos serviços financeiros móveis observada no envolvimento do Programa MMU com a indústria de serviços financeiros no último ano.

“Este relatório anual sublinha o enorme impacto que o mobile money tem nos mercados emergentes, ao oferecer acesso a um número crescente de produtos e serviços e ajudar milhões de pessoas a melhor administrar suas vidas diárias e melhorar o seu nível de renda”, disse Tom Phillips, Diretor da Área Regulatória da GSMA. “A cada ano, a nossa análise traz à tona mais insights sobre a ampla gama de usos do mobile money e de como as operadoras estão a colaborar com o desenvolvimento de serviços financeiros móveis para atender à crescente demanda dos clientes.”

O relatório mostra que o número de utilizadores ativos do mobile money continua a crescer rapidamente de um ano para o outro, com mais de 61 milhões de contas ativas em junho de 2013, comparado a 37 milhões em junho de 2012. Além disso, o número de contas registadas de mobile money quase que triplicou de 71 milhões em junho de 2011 para 203 milhões em junho de 2013. Os serviços expandiram através de um número maior de regiões, com 219 serviços em 84 países ao final de 2013, comparado a 179 serviços em 75 países ao final de 2012.

As reformas regulatórias positivas que estão a habilitar os serviços financeiros móveis contribuem também para o crescimento da indústria em termos do número de instalações. A maioria dos serviços permanece na África sub-Sariana, com 52 por cento de todas as instalações de mobile money já em funcionamento e localizadas na região. No entanto, o sistema de mobile money está também a expandir-se para fora da região com, por exemplo, 19 lançamentos de mobile money já planeados para a América Latina.

O documento destacou que um número crescente de provedores estão a superar os desafios operacionais para criar redes sólidas de distribuição e uma ampla base de clientes ativos. Hoje, 13 serviços têm cada um, mais de um milhão de contas ativas de mobile money e os serviços que já estabeleceram fundações sólidas estão a avançar com novos produtos tais como pagamentos em volume e pagamentos de estabelecimentos comerciais.

O crescente número de utilizadores de mobile money e de pontos de acesso ilustra o importante papel dos serviços financeiros móveis na promoção da inclusão financeira nos países em desenvolvimento. No final de 2013, nove mercados – Camarões, República Democrática do Congo, Gabão, Quénia, Madagáscar, Tanzânia, Uganda, Zâmbia e Zimbabué – já tinham mais contas de mobile money do que contas bancárias, comparado a somente quatro mercados no ano anterior. Nestes mercados, a indústria de mobile money tornou os serviços financeiros mais acessíveis a mais pessoas do que a indústria bancária tradicional. O desenvolvimento de outros serviços financeiros móveis, inclusive 123 serviços de seguros através de dispositivos móveis e serviços móveis de crédito e poupança, 27 dos quais foram lançados em 2013, permitirá aos provedores de serviços incrementar a inclusão financeira ao oferecer mais serviços financeiros além de transferências de dinheiro e pagamentos.

Na medida em que o mobile money se torne um produto mais amplamente utilizado para um número crescente de operadoras, a concorrência também aumenta. No final de 2013, 52 mercados tinham dois ou mais serviços de mobile money, comparado a 40 em 2012. Em junho de 2013, as transações envolvendo empresas externas que usam o mobile money como plataforma para receber e fazer pagamentos promoveu o crescimento global do mobile money, que passou a representar 29 por cento do valor total das transações. Estas transações estão também a aumentar muito mais rapidamente do que a recarga de tempo de comunicação e as transferências internas. Em junho de 2013, 53 mil estabelecimentos comerciais estavam a aceitar pagamentos via mobile money e 16 mil organizações usam mobile money como uma plataforma de pagamentos para aceitar pagamentos de contas e fazer pagamentos de salários.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor