Claranet mantém-se líder do Quadrante Mágico da Gartner

Cloud

A empresa fornecedora de soluções de hosting, cloud, segurança e workplace em modelo “as a service” foi considerada, pelo quinto ano seguido, líder no Quadrante Mágico da Gartner para Managed Hybrid Cloud Hosting, na Europa.

A Gartner reviu, em 2016, os seus critérios de seleção para os Quadrantes Mágicos IaaS e Managed Hosting, passando a partir de então a analisar também a forma evolutiva como as organizações acedem e gerem as suas tecnologias de informação. A consultora avaliou o portfolio da Claranet quer a nível da sua visão integral, quer a nível da sua capacidade execução, recorrendo a 15 critérios ponderados.

“Estamos orgulhosos de termos sido reconhecidos, este ano, no Quadrante Mágico da Gartner, e acreditamos ser o reflexo do trabalho que temos vindo a fazer, enquanto organização, para melhorar de forma constante a nossa especialização e aptidão em hosting”, referiu, em comunicado, Charles Nasser, CEO da Claranet.

“Este ano temo-nos mantido focados em oferecer os melhores serviços de gestão de cloud, a nível público e privado, e investimos fortemente em assegurar que conseguimos dar resposta às necessidades, frequentemente complexas, dos nossos clientes e as suas aplicações mais importantes. Fundamentalmente, são as aplicações e os dados que fazem uma organização evoluir, por isso terem a infraestrutura, ferramentas e conhecimento para conseguirem alcançar o equilíbrio entre segurança, disponibilidade e performance é essencial”, acrescentou o executivo.

No seu último relatório, publicado a 28 de Junho, a Gartner defende que “os líderes demonstraram que têm poder neste mercado, inovam com frequência a sua oferta e são de confiança na satisfação de necessidades de classe empresarial.  Provaram a sua competência técnica e capacidade de oferta de serviços a um vasto leque de clientes. Conseguem igualmente dar resposta a vários casos com soluções únicas ou integradas.”

“Com os departamentos de TI a sofrerem uma pressão significativa para inovarem e acrescentarem valor às suas organizações – sem comprometerem a segurança –, necessitam de fornecedores capazes de responder às suas exigências e de estarem eficazmente alinhados com os seus objetivos estratégicos. Para alcançarem uma maior agilidade e eficácia – e por isso mesmo terem mais tempo livre para dedicarem à inovação – é crucial que os negócios tenham as suas aplicações e infraestruturas em ordem e no sítio certo”, finalizou o CEO da Claranet.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor