Claranet integra Globinnova para criar nova unidade de negócio de segurança

Big DataCIOData-StorageEmpresasProjetosSegurança
0 0 Sem Comentários

A Claranet, empresa fornecedora de soluções de hosting, redes, segurança e workplace em modelo “as a service” anunciou a integração de todo o portfolio e colaboradores da Globinnova. Com esta aposta, a Claranet pretende alargar o seu alcance no mercado nacional e internacional como prestador de referência de Managed Security Services, a par da notoriedade que já alcançou no mercado de Managed Hosting Services. O objetivo da empresa é ultrapassar 1 milhão de euros, nesta área de Segurança, já em 2018.

No âmbito deste acordo, todos os serviços disponibilizados pela Globinnova, empresa especializada em Cyber Intelligence, fundada por Pedro Barbosa, serão incorporados na oferta da Claranet aos seus clientes. A Globinnova desenvolveu uma plataforma de big data security que detecta malware em empresas a nível mundial, e uma solução de simulação de ataques de phishing/engenharia social. Esta última, complementada com formações especializadas de Cybersecurity, torna os colaboradores mais preparados para lidar com ciber-ataques.

“Esta nova unidade, composta por uma equipa com mais recursos e enquadrada num grupo de referência europeu, permite endereçar projetos de Cybersecurity com um grande grau de especialização em empresas e organizações de grande dimensão. As empresas e organizações são diariamente alvo de milhares de ciber-ataques, e a Claranet Cybersecurity apoia as empresas oferecendo um equilíbrio entre tecnologias, pessoas e processos de forma a mitigar todas estas ciber ameaças”, afirma Pedro Barbosa integrará a Claranet como Head of Cybersecurity

De acordo com o comunicado de imprensa a Claranet elegeu a Segurança, que está no topo das preocupações dos CIOs, como um dos seus focos principais em 2017, e planeou o lançamento em breve, em Portugal, de um Security Operations Center (SOC) para monitorização e reacção a incidentes de segurança, num regime 24×7, interligado ao SOC que já opera em Lille (França).

A empresa reforçará ainda o seu portefólio com serviços especializados em Cyber Intelligence, mais concretamente em Proteção Digital de Marca, Detecção de fugas de informação (Data Breaches) e outros riscos encontrados na Deep & Dark Web.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor