Cisco vai investir cem milhões de euros em startups francesas

Gestão de RedesNegóciosRedes

A Cisco escolheu França como novo local de investimento, decisão estabelecida através de um acordo firmado entre a empresa e o governo francês. A parceria deverá garantir também uma aposta na educação e um esforço conjunto para a melhoria da cibersegurança. O anúncio chegou por parte do governo francês, esta semana. A Cisco, especialista em redes, irá

A Cisco escolheu França como novo local de investimento, decisão estabelecida através de um acordo firmado entre a empresa e o governo francês. A parceria deverá garantir também uma aposta na educação e um esforço conjunto para a melhoria da cibersegurança.

cisco

O anúncio chegou por parte do governo francês, esta semana. A Cisco, especialista em redes, irá investir cem milhões de euros em startups francesas, de acordo com o primeiro ministro Manuel Valls, valor que deverá ser aplicado ao longo dos próximos anos. No entanto, esta parceria acarreta muito mais do que o investimento monetário.

Para além do financiamento de startups, a Cisco irá trabalhar em conjunto com o governo francês de modo a educar a população para questões como a segurança digital e o universo das redes e infraestruturas a que a empresa se dedica. O objetivo é levar este conhecimento a cerca de 200 mil pessoas através de investigação académica e formação que deverá ser levada a cabo por três anos.

Para além da questão educacional, as duas entidades estão empenhadas em desenvolver soluções que melhorem as estruturas francesas, apostando em áreas como as smart cities e smart networks. Este tipo de parceria poderá demonstrar não só que as startups francesas têm evoluído em qualidade como também que tanto governo como empresas privadas estão preocupados com o futuro digital e que estão, de facto, a apostar na solução dos desafios.

John Chambers, CEO da Cisco, explicou que este investimento faz parte de uma estratégia com vista à expansão da empresa no mercado francês, percurso que deverá ser feito lentamente, “com passos pequenos”.

No último relatório, a Cisco apresentou uma receita de 11,9 mil milhões de dólares, o que representa um aumento anual de sete por cento. Quanto ao mercado europeu, médio-oriente e africano, a subida foi de três por cento, valores que poderão aumentar com o investimento anunciado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor