Cisco reforça proteção para data centers

CloudData CenterData-StorageGestão de RedesRedesSegurança

Com o objetivo de apoiar as organizações a defenderem-se contra ataques ‘Dia Zero’ e contra o crescente número de ameaças persistentes e avançadas, a Cisco alargou o seu portfólio de segurança para a Proteção de Malware Avançado (AMP, Advanced Malware Protection) e para data center. As novas soluções reforçam a estratégia da Cisco, centrada em

Com o objetivo de apoiar as organizações a defenderem-se contra ataques ‘Dia Zero’ e contra o crescente número de ameaças persistentes e avançadas, a Cisco alargou o seu portfólio de segurança para a Proteção de Malware Avançado (AMP, Advanced Malware Protection) e para data center.

data centerAs novas soluções reforçam a estratégia da Cisco, centrada em apoiar a inteligência para fazer frente às ciberameaças, e proporcionam uma proteção completa em todas as etapas do ataque: antes, durante e depois.

A renovação da oferta de Proteção ao Malware Avançado da Cisco permite pela primeira vez correlacionar dados de Indicadores de Compromisso (Indicators of Compromise, em inglês) com a rede e os terminais, proporcionando uma defesa integrada frente a ataques, inteligência partilhada e proteção ubíqua contra ataques ‘Dia Zero’. A oferta AMP também inclui o suporte de Mac OS X e uma Appliance baseada na cloud Privada (Private Cloud Appliance) on-premise que oferece capacidade de análise contínua.

A Cisco também reforça a proteção para data center e cloud com melhorias da sua família de firewalls ASA, oferecendo maior rendimento, escalabilidade e flexibilidade, além de suportar inovações nos ambientes de Software Defined Networking (SDN) e Application Centric Infrastructure (ACI).

Christopher Young, Vice-Presidente Sénior da Divisão de Segurança da Cisco, afirmou que “as organizações de hoje enfrentam ameaças avançadas que as podem afetar antes da maioria das soluções as detetarem, pelo que se requer um novo modelo de cibersegurança integrado, capaz de detetar e deter os ataques mais sofisticados de forma contínua”, explicando, também, que “com ameaças avançadas que afetam os terminais, data center e cloud, a Cisco comprometeu-se a oferecer um modelo de segurança que vai além da deteção pontual, proporcionando uma proteção ubíqua e constante centrada nas ameaças que opera de forma contínua através das redes distribuídas”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor