Cisco recebe novo CEO em julho

Gestão de RedesNegóciosRedes

O diretor executivo da Cisco Systems vai abandonar o cargo em julho, após duas décadas no comando da fabricante de equipamentos de rede. Chuck Robbins ocupará a vaga, vindo da vice-presidência da unidade de Operações Globais da Cisco. Depois de 20 anos à frente de uma das maiores empresas no mercado das redes, John Chambers

O diretor executivo da Cisco Systems vai abandonar o cargo em julho, após duas décadas no comando da fabricante de equipamentos de rede. Chuck Robbins ocupará a vaga, vindo da vice-presidência da unidade de Operações Globais da Cisco.

CISCO CEO Chambers

Depois de 20 anos à frente de uma das maiores empresas no mercado das redes, John Chambers prepara-se para, no próximo mês de julho, abrir mão da direção executiva da Cisco, onde, segundo os analistas, não tem conseguido romper com as fronteiras do negócio nuclear de equipamentos de rede.

Wall Street acredita que a entrada de Robbins evidencia que a Cisco está a preparar-se para redesenhar o seu rumo, possivelmente em direção à computação cloud.

O valor de mercado da empresa está agora nos 150 mil milhões de dólares, reflexo dos esforços que Chambers tem levado a cabo para restituir a Cisco aos tempos dourados que vivia no início do milénio, altura em que atingiu um valor de mercado de 600 mil milhões.

Robbins chegará, então, como uma lufada de ar fresco, ou assim esperam os analistas, considerando que o executivo conta com um sólido historial na área das vendas e poderá muscular as capacidades da Cisco para gerar lucro.

Desde que tomou o leme da empresa, em 1995, Chambers conseguiu aumentar as vendas de 1,2 mil milhões de dólares para 48 mil milhões.

Esta mudança de CEO não deverá ter qualquer impacto nos negócios da Cisco em Portugal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor