Cisco e IBM fazem parceria para combater cibercrime

CyberwarSegurança

As duas tecnológicas juntam-se para ajudar as empresas a otimizar a segurança e fazerem frente às crescentes ameaças cibernéticas. O acordo prevê que a Cisco e a IBM trabalhem em conjunto nas diversas áreas de produtos e serviços, bem como na inteligência contra os ciberataques.

De acordo com um estudo da Cisco, 65% das organizações usam seis a 50 diferentes produtos de segurança, o que representa um desafio para as equipas de segurança. A colaboração entre a Cisco e a IBM quer ajudar as empresas a reduzir o tempo necessário para detetar e responder às ameaças.

“A estratégia de segurança da Cisco, baseada na arquitetura, permite que as organizações possam detetar ameaças uma vez e detê-las em qualquer lugar. Ao combinar o portfólio completo de segurança Cisco com a plataforma de resposta e operações da IBM Security, oferecemos as melhores soluções e serviços de segurança através da rede, terminais e Cloud, combinadas com análises avançadas e capacidades de orquestração”, indicou à imprensa, David Ulevitch, Vice-Presidente e Diretor Geral da Divisão de Segurança da Cisco.

A combinação de soluções de segurança da Cisco de última geração – baseadas numa arquitetura integrada – com a Cognitive Security Operations Platform da IBM, ajudará os clientes a proteger as suas empresas de forma mais eficaz a partir da rede até aos terminais e na nuvem.

Assim, a Cisco desenhará novas aplicações para a segurança da plataforma analítica QRadar da IBM. As duas primeiras aplicações, que estarão disponíveis no IBM Security App Exchange, vão permitir aos clientes a identificar e corrigir incidentes de forma mais eficaz, utilizando-as com o Next-Generation Firewall Cisco (NGFW), o Next-Generation Intrusion Protection System (NGIPS) e soluções de proteção avançada de Malware (AMP) e Threat Grid da Cisco. 

Além disso, a plataforma de Incident Response Resilient (IRP) da IBM será integrada com o Threat Grid da Cisco para fornecer às equipas a visibilidade de segurança que lhes permita responder aos ataques mais rápido.

As equipas de investigação da IBM X-Force e da Cisco Talos vão, também, colaborar na investigação de segurança e os clientes em comum, vão ter acesso à integração da IBM X-Force Threat Exchange e do Cisco Grid. Esta integração expande a inteligência de ameaças tanto histórica como em tempo real.

Marc van Zadelhoff, Diretor Geral da IBM Security afirmou que a sua empresa “aposta desde há muito numa estratégia de uma colaboração aberta e de partilha de conhecimento para lutar contra as ameaças cibernéticas. Com a colaboração da Cisco, os clientes podem aumentar a capacidade de otimizar o uso de tecnologias cognitivas como a IBM Watson para a cibersegurança. Além disso, a colaboração entre as equipas da IBM X-Force e Cisco Talos é um avanço na luta do ‘bem’ contra o cibercrime”.

Outra das soluções que as empresas estão a projetar é para o mercado da cloud híbrida. A equipa da IBM Managed Security Services, que gere a segurança de mais de 3.700 clientes a nível global, irá trabalhar com a Cisco para fornecer serviços de segurança geridos, dando apoio à plataforma de segurança da Cisco em clouds públicas líderes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor