Cisco facilita adoção de redes auto adaptáveis com ACI 3.0

CloudData CenterGestão de RedesRedes

A nova versão do Application Centric Infrastructure (Cisco ACI), solução Software-Defined Networking (SDN) que ajuda as empresas a adotar redes capazes de se auto adaptarem às necessidades de negócios, oferece agora mais escalabilidade multi-site, integração de containers e melhores funcionalidades de segurança.

As empresas estão, cada vez mais, a sentir a necessidade de acelerar a rapidez, a flexibilidade, a segurança e a capacidade de escalar em ambientes multi-coud e data centers cada vez mais complexos. Em resposta a estas necessidades, a Cisco lança o ACI 3.0.

A solução quer melhorar a agilidade dos negócios através da automação da rede, simplificação da gestão e melhoria da segurança para qualquer combinação de tarefas em containers, máquinas virtuais e bare-metal.

O novo software, que já está disponível, oferece agora gestão multi-site que permite os utilizadores conectarem-se e gerir múltiplos sistemas de ACI que se encontram distribuídos geograficamente para melhorar a disponibilidade. Isto oferece uma recuperação simplificada após imprevistos e a capacidade de escalar aplicações.

A atualização do ACI dispõe de integração de Kubernetes que possibilita o uso de micro-serviços em containers, assim como a definição de uma política de rede de ACI através de Kubernetes e a construção de uma rede unificada para incluir containers, máquinas virtuais e bare-metal.

A segurança foi outro parâmetro melhorado. O ACI 3.0 oferece capacidade de proteção da rede ao bloquear ataques tais como a duplicação de IP/MAC através da integração da tecnologia de segurança Cisco First Hop, que autentica automaticamente os volumes de trabalho e coloca-os em grupos de segurança confiáveis, e apoia a execução de políticas granulares para endpoints dentro do mesmo grupo de segurança.

Segundo a Cisco, também a flexibilidade e a visibilidade operacional foram optimizadas através da nova interface de utilizador Next Gen ACI, que melhora a usabilidade da solução através de novos layouts consistentes, tipologias de visualização simplificadas e assistentes para resolução de problemas.

Além disso, a nova versão da solução SDN apresenta uma melhor capacidade de inserção e eliminação, apoio a diferentes sistemas operativos e gestão de quotas, bem como a medição de latência em todos os endpoints para resolução de problemas.

“À medida que os nossos clientes mudam para estratégias multi-cloud, também procuram soluções para simplificar a gestão e a escalabilidade dos seus ambientes,” afirmou, em comunicado, Ish Limkakeng, Vice-Presidente Sénior para as redes de data center na Cisco.

“Ao automatizar operações básicas de TI com uma política central em vários data centers e geografias, o sistema de gestão multi-site da ACI ajuda os operadores da rede a mover e gerir com maior facilidade as diferentes tarefas através de um único painel de vidro – este é um passo significativo para o objetivo da Cisco de impulsionar a utilização de ACI em todo o lado”, finalizou o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor