Cisco estende-se a Barcelona com novo Centro de Inovação

Gestão de RedesRedesSoftware

A Cisco, unindo forças com a Câmara Municipal de Barcelona, anunciou hoje a criação de um Centro Global de Inovação na cidade espanhola especialmente dedicado à Internet of Everything (IoE), constituindo-se como uma plataforma de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e novas oportunidades de negócio relacionadas com a IoE no contexto das smart cities. O mais recente

A Cisco, unindo forças com a Câmara Municipal de Barcelona, anunciou hoje a criação de um Centro Global de Inovação na cidade espanhola especialmente dedicado à Internet of Everything (IoE), constituindo-se como uma plataforma de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e novas oportunidades de negócio relacionadas com a IoE no contexto das smart cities.

cisco

O mais recente centro da Cisco contará com instalações de 1,720 mil metros quadrados no icónico edifício do século XIX Cal l’Alier, em pleno centro do distrito tecnológico 22@ e parte do novo Smart City Campus.

Alinhando-se com as suas atuais previsões, a Cisco está a procurar apostar 30 milhões de dólares, entre o próximo ano e 2020, na reabilitação estrutura do edifício, na construção de um laboratório de inovação, em equipamento tecnológico e na contratação de novos colaboradores – nomeadamente profissionais das áreas da Engenharia, da Programação de Aplicações e da Investigação.

Com inauguração prevista para o verão de 2016, o Centro de Inovação IoE será o mais recente dos cinco Centros Globais da Cisco que se dedicam à investigação da IoE e das oportunidades de mercado por ela motivadas. O centro de Barcelona juntar-se.á, então, a dois já totalmente operacionais – um no Rio de Janeiro e outro na região sul-coreana de Songdo. Os restantes dois estão ainda em construção, um na Alemanha e outro no Canadá.

Sendo um núcleo global de inovação, o centro servirá como um espaço de colaboração da Cisco com clientes, parceiros, startups, entidades governamentais e organismos de foro académico, educativo e de investigação.

Desta forma, o Centro Global incorporará um laboratório de inovação no âmbito da IoE, onde serão desenvolvidos serviços e soluções direcionados para os centros metropolitanos que estão agora a dar início à conceção de serviços urbanos, como estacionamento e iluminação inteligentes, analytics baseada em localização. O novo centro deverá ainda dispor de uma área onde serão realizadas demonstrações ao vivo das soluções da Cisco, incluindo as soluções Smart+Connected Communities e a sua aplicação prática para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

A Cisco preferiu plantar o seu novo centro em Barcelona, pois acredita no compromisso da cidade espanhola para com a inovação e para com a partilha destes avanços no âmbito da IoE, o que vem reforçar o seu posicionamento como região predileta em termos de soluções e serviços para as chamadas “cidades inteligentes”. Inclusivamente, Barcelona goza de uma sólida comunidade tecnológica, académica e de investigação, servindo como um núcleo aberto ao empreendedorismo.

Este Centro de Inovação vai munir as organizações, empresariais ou governamentais, das armas necessárias para poderem retirar o máximo partido da IoE, a nova etapa da Grande Rede cuja oportunidade de criação de valor está estimada em 14,5 mil milhões de euros à escala global até 2023, resultado da redução de custos, da criação de receitas, da otimização dos processos empresariais e do desenvolvimento de serviços urbanos inovadores.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor