Cisco apresenta Application Centric Infrastructure

EmpresasGestão de RedesNegóciosRedes

A Cisco apresentou, recentemente, a plataforma Application Centric Infrastructure com novos serviços profissionais para colaboração num ecossistema aberto de parceiros, um conjunto de novidades concebidas para ajudar as empresas a aumentar a agilidade do seu negócio aproveitando todo o potencial das aplicações. Os departamentos de TI devem adaptar-se rapidamente às necessidades da nova economia baseada

A Cisco apresentou, recentemente, a plataforma Application Centric Infrastructure com novos serviços profissionais para colaboração num ecossistema aberto de parceiros, um conjunto de novidades concebidas para ajudar as empresas a aumentar a agilidade do seu negócio aproveitando todo o potencial das aplicações.

CiscoOs departamentos de TI devem adaptar-se rapidamente às necessidades da nova economia baseada em aplicações, convertidas nos negócios. Assim, a fiabilidade e o alto rendimento das aplicações tornam-se essenciais para oferecer novos produtos e serviços, cumprir as políticas, controlar os riscos e as ameaças de segurança, facilitar a colaboração entre os grupos de trabalho e melhorar a produtividade.

Com a ACI, a Cisco oferece às organizações a primeira solução para data center e cloud que proporciona uma visão completa e uma gestão integrada, tanto de recursos de rede físicos como virtuais.

A ACI combina inovações em software, hardware, sistemas e ASICs com um modelo de políticas de rede dinâmico e consistente das aplicações, construído sobre API abertas cujo principal objetivo é reduzir o tempo que demora a desenvolver uma aplicação de meses para minutos.

Seguindo as normas da indústria, a Cisco ACI permite aos departamentos de TI responder às diferentes exigências do negócio como por exemplo a adoção de novas aplicações, uma maior escalabilidade das aplicações já existentes e a capacidade de reposicionar os recursos de TI quando as aplicações já não são necessárias.

A ACI encurta os ciclos de implementação das aplicações, acelerando os processos de negócios. Proporciona uma poupança de 75 por cento no Total Cost of Ownership em comparação com a virtualização da rede baseada apenas em software, reduz o tempo de implementação das aplicações a minutos, centraliza a gestão de políticas simplificando as operações e facilitando o trabalho dos departamentos de TI e protege o investimento mediante protocolos abertos, APIs e normas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor