Cinco previsões para o mercado de colaboração em 2017

EscritórioInovação
0 0 Sem Comentários

A Polycom aponta as cinco previsões para o mercado de colaboração para este ano, lembrando que 2016 foi de grande inovação nas práticas e tecnologias de vídeo colaboração e como as mesmas apoiam a transformação digital nos negócios.

A principal tendência é a consolidação do novo modelo de trabalho, cada vez mais móvel e baseado na nuvem, assim como a “colaboração visual que está a expandir-se rapidamente para além das salas de reuniões” afirma a empresa. 

A Polycom indica, ainda, que as companhias que não oferecem uma experiência de trabalho estimulante, com um conjunto abrangente de ferramentas de colaboração, correm o grande risco de perder os seus talentos. 

Para 2017, as previsões da empresa são: 

  • A qualidade será ainda mais revelante:

À medida que mais trabalhadores adotam modelos de trabalho flexível, a procura por mais qualidade na comunicação vai crescer. As organizações vão precisar oferecer melhores condições de trabalho remoto para que o áudio e a imagem tenham alta qualidade em videoconferências. 

  • Movimento e mobilidade: 

Os trabalhadores vão requerer para o “local de trabalho remoto ou móvel” a mesma experiência em qualidade existente em um escritório. Melhor áudio, melhor vídeo, ou seja, a melhor experiência. 

  • Facilidade de operação:

Um dos maiores obstáculos para a adoção de ferramentas colaborativas ainda é a percepção de que essas tecnologias são difíceis de operar. Equipamentos que funcionem apenas com “um clique” farão a diferença. 

  • Tecnologia intuitiva:

Há ainda muito o que se esperar no desenvolvimento de robôs, realidade virtual e realidade aumentada em 2017, porém uma coisa é certa: a tecnologia será mais intuitiva. Veremos isto em câmaras que se ajustarão e seguirão as pessoas durante uma reunião por videoconferência enquanto elas se movem pela sala. O áudio contará com tecnologia mais potente para bloqueio de ruídos quando se está em um ambiente aberto, a fim de proporcionar clareza e atenção nas reuniões. 

  • Melhorias nas salas de reunião:

Enquanto a videoconferência está a tornar-se mais fácil de usar, também começaremos a notar melhorias na sala de reunião, como facilidade de efetuar a reserva para as reuniões, na partilha de conteúdo, entre outras interações.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor