Chronicle é o novo negócio de cibersegurança da Alphabet

EmpresasNegóciosSegurança

A Alphabet, empresa mãe da Google, revelou a Chronicle, um negócio de cibersegurança fundado na unidade de incubação X, focado no desenvolvimento de “sistemas imunitários” digitais para os seus clientes.

A Alphabet, empresa mãe da Google, revelou a Chronicle, um negócio de cibersegurança fundado na unidade de incubação X, focado no desenvolvimento de “sistemas imunitários” digitais para os seus clientes.

A Chronicle está incubada na X há já dois anos enquanto a empresa descobria “onde tinha potencial para fazer o maior impacto neste enorme problema”, escreve a empresa no seu blog.

Este novo negócio da Alphabet vai ser dividido em duas partes. A primeira é uma nova plataforma de analítica e de inteligência de cibersegurança que, espera a Chronicle, irá ajudar as empresas a melhor gerirem e perceber os seus dados relativos a segurança. A segunda parte será a VirusTotal, um serviço inteligente de malware que foi adquirido pela Google em 2012 e que vai continuar a operar como nos últimos anos.

O que a empresa quer é acelerar em mais de dez vezes a velocidade e o impacto do trabalho das equipas de segurança ao fazer com que o seu trabalho seja mais fácil, rápido e tenha um custo menor ao capturar e analisar sinais de segurança que, anteriormente, eram ou demasiado complicados ou caros de encontrar.

A Chronicle será uma empresa independente, ainda que faça parte da Alphabet. Ao mesmo tempo, a empresa terá os seus contratos e as suas próprias políticas de dados com os seus clientes, beneficiando, também, do conhecimento de machine learning e de cloud computing da Alphabet.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor