Chromebooks vão passar a ter programas Windows

EmpresasEscritórioNegócios

Nos Estados Unidos, os Chromebooks representam já 20 por cento das vendas de portáteis. Apesar do baixo custo, o problema destes computadores é que apenas suporta aplicações Web. Ainda assim, a situação pode estar a mudar graças a uma parceria entre a Google e a VMware, empresa especializada em software de virtualização. Os clientes empresariais

Nos Estados Unidos, os Chromebooks representam já 20 por cento das vendas de portáteis. Apesar do baixo custo, o problema destes computadores é que apenas suporta aplicações Web.

8_hp_chromebook_11_color_stack copyAinda assim, a situação pode estar a mudar graças a uma parceria entre a Google e a VMware, empresa especializada em software de virtualização. Os clientes empresariais do ecossistema Chromebook vão, nos próximos dias, aceder ao ambiente de desktop Windows, incluindo aplicações e programas, através de um serviço Desktop as a Service.

O VMware Horizon DaaS aplicado aos Chromebooks é visto como uma alternativa viável à transição do Windows XP, que fica sem suporte por parte da Microsoft no início de abril. A Google garante segurança, compatibilidade de aplicações e menor carga de investimentos para as empresas na migração.

A solução permite, também, colmatar a falta de software especializado no Chrome OS e permite aos utilizadores tirarem partido do melhor do trabalho à base Web e aplicações de produtividade mais robustas.

O serviço vai estar disponível numa fase inicial num modelo on-premise ou através do VMware vCloud Service Provider Partners, e vai poder ser instalado a partir da loja de aplicações Chrome Web Store.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor