China Telecom conquista mais cidades com expansão de 4G

4GMobilidadeOperadoresRedes

A operadora China Telecom vai expandir para 40 o número de cidades em que realizará os testes da sua rede de alta-velocidade 4G, depois de ter conquistado a aprovação do Ministério chinês da Indústria e das Tecnologias de Informação. A entidade reguladora deu luz verde para que a empresa de telecomunicações chinesa ampliasse o total

A operadora China Telecom vai expandir para 40 o número de cidades em que realizará os testes da sua rede de alta-velocidade 4G, depois de ter conquistado a aprovação do Ministério chinês da Indústria e das Tecnologias de Informação.

china telecom

A entidade reguladora deu luz verde para que a empresa de telecomunicações chinesa ampliasse o total de regiões em que testará a sua nova rede híbrida LTE, tendo o Ministério em julho aprovado os testes em 16 cidades chinesas.

A rede 4G da China Telecom deverá ser capaz de operar uma potenciação do negócio da empresa através de subscrições para o mais rápido e mais dispendioso serviço.

A operadora tem esperanças que com a sua nova rede possa recuperar os subscritores  que perdeu para a maior empresa de telecoms do país, a China Mobile, que conseguiu a sua licença para desenvolver 4G em dezembro, tendo já açambarcado 20 milhões de utilizadores.

Tanto a China Telecom como a Unicom, em agosto com 180 milhões e 296 milhões de subscritores, respetivamente, incorporam nas suas redes as tecnologias LTE FDD e TD-LTE.

A China Telecom terá agora que delinear uma estratégia que vise colmatar os resultados comunicados no corrente trimestre, os piores dos últimos seis meses em termos do crescimento dos lucros líquidos.

O diretor executivo e presidente da China Telecom, Wang Xiaochu, afirmou que a empresa navega por mares tumultuosos, enfrentado mais dificuldades do que nunca, geras, principalmente, por políticas reguladoras das redes 4G.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor