China Mobile fecha acordo com Nokia e potencia rede 4G

4GMobilidadeNegócios

A China Mobile viu as suas ações subirem na Bolsa de Nova-Iorque depois de ter assinado um acordo de 970 milhões de dólares com a Nokia, que visa o desenvolvimento de uma rede 4G para potenciar os seus seviços de alta-velocidade. As ações da fabricante com a maior base de utilizadores do mundo aumentaram 2,8

A China Mobile viu as suas ações subirem na Bolsa de Nova-Iorque depois de ter assinado um acordo de 970 milhões de dólares com a Nokia, que visa o desenvolvimento de uma rede 4G para potenciar os seus seviços de alta-velocidade.

4g 2

As ações da fabricante com a maior base de utilizadores do mundo aumentaram 2,8 por cento, chegando aos 60,08 dólares.

Objetivando a criação da maior rede wireless 4G, a China Mobile celebrou um acordo com a Nokia, através do qual a finlandesa fornecerá equipamento, software e serviços à empresa chinesa.

O diretor executivo da China Mobile, Li Yue, tem afincadamente apostado em serviços 4G como parte de uma estratégia que apoiar-se-á nos mais recentes avanços na esfera dos dispositivos móveis.

O analista Jun Zhang, da consultora Rosenblatt Securities, afirmou que este negócio aumentou a confiança dos investidores na rentabilidade da China Mobile, acrescentando que a empresa é uma boa aposta para os investidores que não estejam dispostos a correr riscos.

No passado mês de agosto, a China Mobile conseguiu deitar a mão a 25 milhões de subscritores de serviços 4G, eclipsando a adição de 635 mil subscritores por parte da sua rival e segunda maior fabricante de telemóveis, China Unicom.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor