China investiga IBM, Oracle e EMC

Segurança

Segundo a informação avançada pelo jornal estatal “Shanghai Securities News”, o Ministério de Segurança Pública da China, em conjunto com um centro de pesquisa com autoridade ministerial no país, estão a preparar-se para abrir um inquérito contra a IBM, a Oracle e a EMC Corporation, por questões de segurança. De acordo com Edward Snowden, ex-consultor

Segundo a informação avançada pelo jornal estatal “Shanghai Securities News”, o Ministério de Segurança Pública da China, em conjunto com um centro de pesquisa com autoridade ministerial no país, estão a preparar-se para abrir um inquérito contra a IBM, a Oracle e a EMC Corporation, por questões de segurança.

cybercrime

De acordo com Edward Snowden, ex-consultor da Agência Nacional de Segurança (NSA), a infraestrutura da rede de universidades da China e Hong Kong terá sido invadida.

Documentos tornados públicos por Edward Snowden revelaram que a NSA teve acesso a um grande volume de dados online, provenientes de companhias como o Facebook ou a Google, incluindo e-mails e conversas em chats, através do programa PRISM.

Uma fonte anónima revelou ao jornal chinês que “atualmente, graças à superioridade tecnológica dos norte-americanos, muitos de nossos principais sistemas de tecnologia da informação são dominados por empresas estrangeiras de hardware e software, mas o escândalo PRISM implica problemas de segurança”.

Receosos de que estas empresas tenham acedido a informações relativas às instituições de ensino superior, a China prepara-se, agora, para investigar o caso.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor