China empenhada na proteção dos sistemas XP

EmpresasNegócios

O governo chinês está envolvido em negociações com a Microsoft relativamente aos preços do Windows 8, visto que no início de Abril a tecnológica cessou o apoio técnico ao sistema operativo XP, sobre o qual operam 25 por cento dos computadores da China, e a migração repentina para o novo SO seria abusivamente dispendiosa. Embora

O governo chinês está envolvido em negociações com a Microsoft relativamente aos preços do Windows 8, visto que no início de Abril a tecnológica cessou o apoio técnico ao sistema operativo XP, sobre o qual operam 25 por cento dos computadores da China, e a migração repentina para o novo SO seria abusivamente dispendiosa.

windows xp

Embora no dia oito deste mês a Microsoft tenha terminado todo o suporte técnico ao Windows XP, continua a oferecer um nível de segurança básica para o sistema até julho de 2015.

Sendo um dos países em que o XP tinha bastante expressão, a China está a ter dificuldades na migração para o novo Windows 8, pois uma percentagem ainda significativa de PC operam sobre o afamado sistema operativo.

Assim, empresas tecnológicas como a Tencent, a Kingsoft e o motor de busca Sougu.com estão a desenvolver sistemas de apoio técnico para o XP, incluindo ferramentas de segurança informática, auxiliando, desta forma, os utilizadores no decorrer desta “fase de transição” de um sistema para outro mais recente e mais  seguro.

Apesar de estar a examinar todas as alternativas ao herói caído XP, o governo confessou que os seus sistemas estão agora vulneráveis a inúmeras ameaças cibernéticas.

Simultaneamente, o governo está a negociar com a Microsoft acerca dos preço cobrados pelo Windows 8 na China (103,15 dólares), que se afiguram como uma barreira à transição.

Poderão passar vários anos até que todos os sistemas estejam devidamente atualizados e protegidos. Até lá, para bem da China, esperemos que os hackers sejam misericordiosos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor