China é campo de batalha entre as grandes tecnológicas

EmpresasNegócios

A par da compra de 19 mil milhões de dólares do WhatsApp pelo Facebook, as empresas de Internet chinesas batalham pelos 618 milhões de utilizadores chineses da Grande Rede.   A Tencent, a Alibaba e a Baidu são as empresas da China que mais se destacam na demanda para colmatarem as suas falhas comerciais. As

A par da compra de 19 mil milhões de dólares do WhatsApp pelo Facebook, as empresas de Internet chinesas batalham pelos 618 milhões de utilizadores chineses da Grande Rede.

tencent-penguin

 

A Tencent, a Alibaba e a Baidu são as empresas da China que mais se destacam na demanda para colmatarem as suas falhas comerciais. As Três Grandes lideram os negócios relativos ao setor chinês da Internet, atingindo, este ano, um recorde de 44 aquisições desde o ano de 2012, no valor de 18,7 mil milhões de dólares.

Existe, pelo menos, uma fornecedora tecnológica que poderá responder às necessidades de cada uma das empresas do trio chinês, a Qihoo 360. Registando uma quota de mercado de 13,2 mil milhões de dólares, a empresa de software da República Popular da China poderá estar sob o olhar atento da líder do comércio eletrónico chinês Alibaba, por causa do seu software antiviral.

Por seu lado, a Tencent poderá ter um maior interesse no Ctrip.com, o maior serviço de viagens da China, ao passo que o maior motor de busca do território chinês, Baidu, deverá revelar uma maior atração pelo operador de websites classificados 58.com.

O analista Cheng Cheng, da Pacific Crest, é da opinião de que a China tornar-se-á, nos próximos anos, um epicentro de fusões e aquisições, devido, principalmente, à competição entre os três mais relevantes atores da esfera tecnológica chinesa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor