Chelsea garante acesso gratuito à rede Wi-Fi no seu estádio

MobilidadeNegócios

Através do modelo de negócio de Small Cell as a Service, a Ericsson vai desenhar, construir e gerir uma rede Wi-Fi de nível de operador a pedido do Chelsea Football Club.

O Chelsea  escolheu a Ericsson como parceiro de conectividade do estádio de Stamford Bridge – a sua cassa em Fulham, Londres. O acesso gratuito à rede Wi-Fi vai ser garantido através de um modelo de Small Cell as a Service em que a Ericsson vai desenhar, construir e gerir a rede a pedido do cliente. Como resultado, o Chelsea  vai poder facultar aos fãs uma experiência mais rica em todo o estádio, para que possam interagir digitalmente com outros adeptos, com o clube, com os seus amigos ou familiares.

Ao vencer pela quinta vez na sua história o título da ,em 2016/2017, o Chelsea registou lotação esgotada em todos os jogos em casa, no Stamford Bridge. Muitos fãs usaram os seus smartphones para partilharem fotografias e vídeos através de redes sociais, levando muitas vezes as redes móveis ao seu limite. Para assegurar que os fãs têm acesso a uma experiência digital sem falhas, a Ericsson vai desenhar, construir e gerir uma rede Wi-Fi de nível de operador a pedido do Chelsea.

Este investimento tecnológico feito pelo Chelsea em prol dos seus adeptos, bem que podia servir de exemplo para os clubes portugueses, em vez de andarem a falar sobre bruxos, podiam providenciar soluções idênticas, para que os fãs do desporto rei tenham maior apetência em viver e respirar futebol. 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor