Check Point junta-se à AirWatch para potenciar segurança de redes empresariais

MobilidadeSegurança

A Check Point juntou-se à AirWatch para criar a Mobile Security Alliance, uma iniciativa que pretende reforçar a segurança dos dispositivos móveis. Como resultado da parceria, as duas empresas vão desenvolver uma solução que permita detetar ciberameaças antes de estas se instalarem nos dispositivos móveis.

A aliança surge depois de uma investigação da Check Point ter revelado que 91 por cento das empresas verificou o aumento do número de dispositivos móveis privados nas suas redes. No entanto, mais preocupante foi constatar que cerca de metade destas organizações não adotou qualquer medida para gerir ou proteger estes dispositivos externos que atuam na sua infraestrutura, colocando-a em risco.

Neste relatório, a Check Point, segundo fontes oficiais, percebeu também que as soluções de segurança em utilização não estão capacitadas para lidar com ameaças avançadas nem para proteger proativamente as redes e os dispositivos que nelas se apoiam.

Como tal, a empresa de cibersegurança integrou a sua solução Mobile Threat Prevention no portfólio de Enterprise Mobility Management da AirWatch, unidade da VMware. A Check Point disponibiliza, assim, a sua tecnologia de segurança móvel na plataforma de ciberproteção empresarial da AirWatch.

“A aliança com a Check Point permite-nos oferecer uma plataforma de segurança completa para fazer frente às ameaças móveis de hoje em dia”, refere, em nota, o vice-presidente e diretor tecnológico da VMware, Noah Wasmer.

A Check Point afirma que a sua solução Mobile Threat Prevention é “a única solução que detecta ameaças ao nível do dispositivo, da aplicação e da rede, com uma experiência de utilizador transparente, através da deteção e eliminação imediata de ameaças móveis, permitindo aos utilizadores manterem-se ligados de forma segura, sem ficar comprometidos”.

O responsável pelo segmento de segurança móvel da Check Point, Nadav Peleg, comenta que o aumento de dispositivos móveis em redes corporativas – estimulado por iniciativas como o BYOD (Bring Your Own Device) – exige que as empresas adotem soluções que permitam salvaguardar a segurança dos dados e das aplicações que navegam na infraestrutura empresarial.

“A aliança com a AirWatch reafirma o nosso compromisso de oferecer às empresas a solução mais completa contra ameaças móveis, através de uma inteligência de ameaças em tempo real que permite às organizações obterem uma total visibilidade sobre a sua situação global em matéria de segurança”, diz Peleg, em comunicado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor