CGI reforça relações com EDP

Negócios

A GCI, empresa de serviços de TI e de processo de negócio, fechou hoje um acordo de Manutenção Aplicacional de 3,5 anos com a EDP, reforçando a cooperação já existente entre as duas organizações. A parceria – no valor de 14 milhões de euros – visa a prestação de serviços de Gestão Aplicacional dos segmentos

A GCI, empresa de serviços de TI e de processo de negócio, fechou hoje um acordo de Manutenção Aplicacional de 3,5 anos com a EDP, reforçando a cooperação já existente entre as duas organizações. A parceria – no valor de 14 milhões de euros – visa a prestação de serviços de Gestão Aplicacional dos segmentos de Sistemas de Distribuição, Gestão e Comercialização de Energia.

TI

O diretor de Sistemas de Informação da EDP, Vergílio Rocha, afirmou que a empress “desenvolveu, no último ano, um modelo de sourcing aplicacional” e que a parceria “vem renovar a relação com CGI como um parceiro de confiança nesta área”.

O acordo, disse Paulo Magro da Luz, Sector Leader de Energy & Utilities da CGI, cimentará a posição da empresa como parceiro estratégico da EDP na esfera das aplicações.

O reforço desta união de forças munirá a EDP da capacidade para operar significativos cortes nas despesas que se prendem com a prestação de serviços, reformatando o seu modelo de fornecimento com as mais recentes movimentações na área tecnológica.

Em comunicado, a empresa avançou que o serviço será prestado com base no Global Delivery Centre Ibérico da CGI, com pólos em Lisboa e Málaga e com acesso, em caso de necessidade, à rede global de Centros da CGI. Estes serviços cobrem áreas centrais da actividade da EDP, nomeadamente, os Processos de Negócio da Distribuição e da Gestão e Comercialização de Energia, suportando importantes áreas como a Gestão da Rede, dos Activos, a sua Georreferenciação e Monitorização e as novas componentes de Gestão de Redes Inteligentes. Os sistemas envolvidos resultaram do processo de inovação colaborativa desenvolvido ao longo da última década com a CGI, e são componentes críticos da arquitectura empresarial da EDP, sendo suportados por soluções tecnológicas de referência internacional, por exemplo, da SAP, da General Electric e da própria CGI.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor