CEO do Facebook quer acesso gratuito à Internet na Colômbia

OperadoresRedes

Zuckerberg revelou os seus planos para oferecer serviços de Internet gratuitos na Colômbia. Esta revelação alinha-se com os esforços levados a cabo pelo CEO do Facebook no sentido de ligar o mundo através da Web. Querendo levar a Internet aos quatro cantos da Terra, o diretor executivo da rede social visa tornar gratuito o acesso

Zuckerberg revelou os seus planos para oferecer serviços de Internet gratuitos na Colômbia. Esta revelação alinha-se com os esforços levados a cabo pelo CEO do Facebook no sentido de ligar o mundo através da Web.

Mark-Zuckerberg

Querendo levar a Internet aos quatro cantos da Terra, o diretor executivo da rede social visa tornar gratuito o acesso à Grande Rede para aqueles que, pelo mundo, não têm como suportá-lo.

Através da Internet.org, uma associação entre o Facebook e vários fornecedores de serviços de telecomunicações, o jovem multimilionário quer derrubar os obstáculos que impedem dois terços da população mundial de navegar na Internet.

Numa conferência realizada em Bogotá, Zuckerberg dirigiu-se à audiência, onde figurava o Presidente colombiano Juan Manuel Santos, e afirmou que os clientes da operadora local Tigo passarão a ter acesso gratuito à aplicação da Internet.org, que através do SO Android, permitem que os utilizadores encontrem informação sobre saúde, educação, finanças, emprego e meteorologia.

De acordo com o World Factbook da CIA, cerca de 33 por cento da população colombiana vive sob condições míseras, pelo que o livre acesso à Internet poderá oferecer aos cidadãos ferramentas às quais, de outra frma, não teriam acesso.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor