CEO da Symantec Steve Bennett foi despedido

EmpresasNegócios

A Symantec despediu o diretor executivo Steve Bennett, a segunda vez no espaço de um par de anos que a empresa demitiu um dos seus executivos de topo, numa altura em que luta para reavivar o crescimento face às decrescentes vendas de computadores pessoais. A decisão de deixar Bennett, disse o presidente do Conselho Executivo

A Symantec despediu o diretor executivo Steve Bennett, a segunda vez no espaço de um par de anos que a empresa demitiu um dos seus executivos de topo, numa altura em que luta para reavivar o crescimento face às decrescentes vendas de computadores pessoais.

steve bennett

A decisão de deixar Bennett, disse o presidente do Conselho Executivo Daniel Schulman, foi “o resultado de um longo processo deliberativo e não precipitado por qualquer razão”.

Bennett só ocupou o cargo de CEO em julho de 2012 e foi presidente do conselho administrativo da Symantec entre 2011 e 2013. A empresa elegeu Michael Brown para ocupar temporariamente a posição de diretor executivo e de presidente.

“Foi uma decisão surpreendente, especialmente porque Bennett é um elemento chave para a recuperação da empresa. Eu considero que a empresa deu um grande passo para trás”, foi o veredicto de David Ives, analista da FBR Capital Markets.

A Symantec garantiu estar empenhada em cumprir os seus objetivos de atingir mais de cinco por cento de crescimento orgânico e uma margem operacional ajustada de mais de 30 por cento até o ano fiscal de 2017.

A empresa já constituiu um comité que conduzirá a procura de um diretor executivo permanente.

Depois da revelação da saída de Bennett, as ações da Symantec caíram dez por cento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor