Celfocus inaugura centro de investigação tecnológica

NegóciosOperadoresRedes

A Celfocus – uma parceria entre a Vodafone Portugal e a Novabase – inaugurou hoje um centro de investigação e desenvolvimento no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, na presença do Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva. O objetivo é aproximar e potenciar o conhecimento e o capital humano da Universidade

A Celfocus – uma parceria entre a Vodafone Portugal e a Novabase – inaugurou hoje um centro de investigação e desenvolvimento no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, na presença do Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva. O objetivo é aproximar e potenciar o conhecimento e o capital humano da Universidade ao sector das telecomunicações.

Celfocus Vodafone 1

O novo centro está alojado num espaço de cerca de 500m2, no qual será feita a incorporação ativa de recursos humanos com elevada especialização, oriundos da Universidade do Porto e de outras instituições que ministrem matérias de Engenharia e Tecnologia. Nele vão ser desenvolvidos produtos e serviços para o mercado das telecomunicações, designadamente: Sistemas de Informação; Soluções Máquina-a-Máquina (M2M); Soluções de Comunicação para empresas; e Sistemas de Monitorização em tempo real de redes e Serviços de Telecomunicações.

A CelFocus vai manter no Porto uma equipa com mais de 100 especialistas e assegurar estágios a alunos das Universidades adjacentes. Vai também trabalhar em parceria e potenciar o desenvolvimento de startups incubadas na UPTEC.

Com este investimento, segundo o comunicado oficial da Vodafone, a Celfocus aposta na criação de riqueza e no desenvolvimento do tecido empresarial no distrito do Porto, “promovendo também a sua distinção como centro de investigação de excelência, com elevada incorporação de know-how nacional e componente exportadora significativa”.

Aos alunos e profissionais envolvidos neste pólo será aberto o acesso ao desenvolvimento de projetos não só na Vodafone Portugal (My Vodafone, Vodafone One Net e Vodafone TV, por exemplo), como num conjunto alargado de operadores do Grupo Vodafone, e demais mercados externos, para os quais a Celfocus desenvolve soluções tecnológicas e que representam uma parte significativa da sua faturação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor