Canon: empresa japonesa com mais patentes nos EUA há 10 anos

EmpresasNegócios

Pelo décimo ano consecutivo, a Canon conseguiu o primeiro lugar no top das empresas japonesas com mais patentes registadas nos Estados Unidos. Os resultados são divulgados pela IFI CLAIMS Patent Services. A lista que revela, todos os anos, quais as empresas com mais patentes registadas nos Estado Unidos aponta a Canon como a empresa japonesa

Pelo décimo ano consecutivo, a Canon conseguiu o primeiro lugar no top das empresas japonesas com mais patentes registadas nos Estados Unidos. Os resultados são divulgados pela IFI CLAIMS Patent Services.

A logo of Canon Inc is pictured at an electronics store in Tokyo

A lista que revela, todos os anos, quais as empresas com mais patentes registadas nos Estado Unidos aponta a Canon como a empresa japonesa com maior número de registos. Ao todo, foram 4055 as patentes autenticadas da criadora de soluções de imagem, neste país.

Há dez anos que assim é. A Canon tem conseguido manter o nível de investimento e inovação o que lhe permite criar produtos e soluções passíveis de serem patenteadas nos mercados internacionais, nomeadamente nos EUA, onde a popularidade da marca é assinalável.

Para isso deverá contribuir o cuidado que a marca tem em adaptar a sua estratégia às diferentes regiões do globo onde atua. O elevado registo de patentes vai ao encontro das tendências de cada país e, neste caso, dos Estados Unidos onde o culto da imagem é cada vez maior. A Canon, em comunicado, descreve o país como estando “repleto de empresas high-tech e com uma grande escala de mercado” que “representam uma região particularmente importante em termos de expansão de negócio e alianças tecnológicas”.

Quanto à classificação geral, revelada pela IFI CLAIMS Patent Services, a Canon ficou no terceiro lugar, atrás da Samsung e da IBM, recordista no número de patentes registadas e há 22 anos consecutivos na liderança desta lista.

Para a Canon, o futuro da empresa passará pela constante inovação e investigação nos diferentes campos da imagem, estando “focada em construir ferramentas tecnológicas para um mundo visual em todas as suas principais áreas de negócio, bem como na investigação e desenvolvimento de uma nova variedade de áreas dentro de novos setores”.

A luta pelos direitos de propriedade intelectual é também um objetivo a manter, para que este resultado positivo nos EUA e noutros países continue a ser possível.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor