Cabify já rola no Porto

AppsMobilidade

A espanhola Cabify está, desde hoje, a funcionar no Porto, depois de Lisboa e Funchal. Esta plataforma para a mobilidade urbana pode já ser acedida a norte através da app Cabify disponível na AppStore (iPhone), Google Play (Android) ou do site www.cabify.com.

O Porto passa agora a ter acesso aos serviços de motorista privado, uma concorrência direta à Uber, estando disponível em toda a área Metropolitana do Porto, abrangendo os concelhos de Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Gondomar, Trofa, Vila do Conde, Maia, Valongo e Espinho.

Tal como sucede em todos os países onde se encontra já instalada, a Cabify esclarece que exerce a atividade em Portugal através de uma empresa com sede local, “cumprindo com as obrigações fiscais vigentes no nosso país e respeitando integralmente a legislação em vigor”.

Nuno Santos, general manager da Cabify Portugal, diz que a empresa está muito satisfeita por poder oferecer os serviços aos portuenses e continuar a expandir a atividade no território nacional português.

“A adesão ao serviço em Lisboa, onde já estamos presentes, superou as nossas expetativas e esperamos naturalmente que a Cabify tenha no Porto a mesma aceitação”.

Portugal foi o primeiro país de língua oficial não castelhana a contar com esta solução de mobilidade.

A Cabify tem como foco o sector corporativo, apostando fortemente na diferenciação através da qualidade do serviço. “Depositamos muitas esperanças no lançamento nesta cidade, pelo forte tecido empresarial e dinamismo económico, tendo em consideração o nosso foco no segmento corporate, e estamos confiantes que as empresas desta região não tardarão a conhecer todas as vantagens que o serviço da Cabify lhes pode proporcionar”, acrescenta Nuno Santos.

Todos os veículos dos parceiros da Cabify são topo de gama, disponibilizando águas e revistas aos clientes durante a viagem. A Cabify aposta ainda num serviço de atendimento ao cliente, a possibilidade de reserva com antecedência e o preço é ponto a ponto, ou seja, a tarifa é calculada com base em quilómetros percorridos, não tendo em conta o tempo de duração da viagem.

Segundo dados fornecidos pela própria empresa, a Cabify começou a operar em Lisboa em maio de 2016 e alcançou já 200 mil utilizadores na capital. Chegou em julho ao Funchal, com o serviço de grupos por reserva, e ao Porto, agora em setembro, a terceira geografia em que a plataforma está disponível em território nacional.

Atualmente, a equipa da Cabify conta com 20 colaboradores, um número que tem vindo a aumentar exponencialmente desde que iniciou atividade em Portugal.

Fundada no ano de 2011, em Espanha, pelo empresário Juan De Antonio, a Cabify já está atualmente presente em 12 países e 39 cidade.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor