Bull Sequana é o supercomputador mais eficiente do mundo, diz Atos

EmpresasInovaçãoNegócios

A Atos, empresa global de serviços digitais e parceira mundial de TI do Comité Olímpico Internacional (COI), apresentou o Bull Sequana, o primeiro supercomputador exaescala, que oferece mil vezes mais desempenho comparado aos sistemas atuais em escala petaflop.

De acordo com a Atos, o Bull Sequana deve chegar ao nível de exaescala até 2020, processando um bilhão de bilhões de operações por segundo criando um novo patamar de computação.

Comparado aos sistemas atuais projetados para um nível de desempenho específico, o Bull Sequana oferece 10 vezes mais eficiência energética e 10 vezes mais densidade, otimizando metas de sustentabilidade e economia de espaço.

“A Atos é uma das três ou quatro companhias do mundo com a experiência e conhecimento necessários para construir supercomputadores – e a única da Europa”, afirma Thierry Breton, CEO da Atos.

O executivo acrescenta que esse fato é uma grande satisfação para a empresa e oferece uma diferenciação única aos clientes. “Com o desempenho incrível do Bull Sequana, desenvolvido pela Atos, as empresas conseguem maximizar o valor de seus dados, com mais eficiência. Até 2020, o Bull Sequana deve atingir o nível de exaflops e será capaz de processar um bilhão de operações por segundo”, diz.

A French Alternative Energies e a Comissão de Energia Atómica (CEA) já estão a implementar o Bull Sequana. Ao longo dos próximos anos, o computador será integrado com as tecnologias mais avançadas e ainda vai adaptar-se aos sistemas operacionais existentes. A sua arquitetura aberta foi projetada de acordo com os principais padrões de software e hardware do setor, para maximizar o investimento do cliente e gerar grandes economias.

O supercomputador Bull Sequana foi construído na fábrica da Atos, em Angers, França, e o seu desenvolvimento aproveitou a experiência internacionalmente reconhecida dos engenheiros da Atos – trabalhando com seus parceiros da Europa e do mundo inteiro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor