BQ vai ter espaços próprios de venda ao público

Negócios
0 0 Sem Comentários

A tecnológica espanhola BQ vai abrir os seus primeiros espaços próprios de venda ao público, tendo escolhido Madrid e Barcelona para a estreia. É um projeto piloto que arranca já esta semana, a 3 de junho.

Os espaços localizam-se em Rivas (Madrid) e na Avenida Diagonal (Barcelona). A BQ não lhes chama lojas, apesar de ser possível comprar lá os smartphones e tablets da marca. Chama-lhes “Espaços BQ” e descreve-os como “centros multidisciplinares”, onde os consumidores podem “adquirir os produtos da marca, reparar ou esclarecer dúvidas sobre o seu dispositivo”. Também serão dadas formações e marcadas atividades de divulgação tecnológica.

Um dos serviços que estará disponível nos espaços para clientes (e público em geral) é a reparação expresso: a marca garante que será possível reparar o dispositivo num máximo de duas horas. É claro, não se trata de um serviço gratuito – tem um custo adicional de 9,90 euros.

“O principal objetivo dos Espaços BQ é aproximarmo-nos mais ainda do cliente e poder oferecer um serviço imediato e local”, refere Rodrigo del Prado, diretor geral adjunto da BQ. “O serviço pós-venda tem sido sempre crucial para a marca”, acrescenta.

Apesar de ser um projeto piloto, a marca não tem planos para mais aberturas no médio prazo, diz a BQ Portugal à B!t. Ou seja, uma chegada a Portugal destes espaços está, para já, posta de parte. a abertura nestes dos locais será feita porque “em Espanha a marca sentia falta.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor