BlackBerry muda de direção e abre centro de P&D para carros autónomos

InovaçãoInvestigação

A canadiana BlackBerry abre hoje um centro de Pesquisa & Desenvolvimento dedicado a carros autónomos, uma iniciativa que marca a mudança de direção definitiva da antiga líder do mercado de smartphones.

Segundo a agência Reuters, o primeiro-ministro canadiano Justin Trudeau estará presente na inauguração do centro da BlackBerry, que decorre hoje em Ottawa. É aqui que ficam situadas as instalações da subsidiária QNX, especializada em sistemas operacionais para carros. A intenção é expandir as suas atividades para as tecnologias de veículos autónomos.

Os sistemas QNX já são usados em milhões de carros para entretenimento e informação. A subisidária esteve envolvida em uma tentativa de recuperar os smartphones BlackBerry, servindo de base a um novo sistema operacional. Mas a empresa canadiana acabou por desistir do mercado, após chegar a menos de 1% da quota mundial.

Agora, a marca está focada em perceber como é que o software utilizado irá interagir com a explosão de sensores, câmeras e outros componentes necessários para que um carro possa ser autónomo.

Mas com problemas de liquidez e quebras sucessivas de receita e lucros, a BlackBerry não tem investido em inteligência artificial, aprendizagem de máquina e outras tecnologias em que empresas como a Uber e a Google estão a apostar. A empresa quer ser um parceiro de confiança.

“A nossa estratégia é fornecermos a fundação de software para essas plataformas de alta performance”, explicou o diretor da QNX, John Wall, numa entrevista citada pela agência.

Desde o final do mês passado que a BlackBerry e os seus parceiros de pesquisa receberam autorização para testarem carros com funcionalidades autónomas da Ford nas ruas de Ontário, Canadá. A empresa também assinou um acordo  para trabalhar diretamente com a fabricante nos seus projetos de carros totalmente autónomos, que quer ter prontos em 2021.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor