Blackberry e Boeing colaboram em telefone que se auto-destrói

Segurança

A Blackberry anunciou que está a trabalhar com a Boeing, para desenvolver o Boeing Black Phone, um telefone com a a capacidade de se auto-destruir e encriptar dados. Embora seja mais conhecida pelo desenvolvimento e construção de aeronaves, a Boeing está envolvida no projeto, que tem como objetivo desenvolver um dispositivo capaz de encriptar dados

A Blackberry anunciou que está a trabalhar com a Boeing, para desenvolver o Boeing Black Phone, um telefone com a a capacidade de se auto-destruir e encriptar dados.

blackberry

Embora seja mais conhecida pelo desenvolvimento e construção de aeronaves, a Boeing está envolvida no projeto, que tem como objetivo desenvolver um dispositivo capaz de encriptar dados e de se auto-destruir, destinado a agências governamentais e a quem precisar de segurança nas comunicações e dados.

O CEO da Blackberry, John Chen, anunciou que a empresa “está satisfeita por colaborar com a Boeing para fornecer uma solução móvel segura, para os dispositivos Android, utilizando a plataforma BES 12.”

A plataforma BES é o serviço da Blackberry para empresas, em inglês Blackberry Enterprise Service. Esta plataforma permite aos utilizadores encriptar dados, não só em dispositivos Blackberry, mas também em aparelhos que utilizem os sistemas operativos da Google.

O Boeing phone é dual SIM, para que seja possível aceder a várias redes e pode ser configurado para estabelecer ligação com sensores biométricos e satélites. A Boeing já está a divulgar o dispositivo entre possíveis clientes. No entanto, o CEO da Blackberry disse que estas são as únicas informações que pode dar sobre o aparelho, uma vez que o principal destinatário são agências de segurança.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor