BlackBerry a caminho da rentabilidade

Negócios

O Fundo de Pensões de Professores de Ontário comprou já cerca de 7,8 milhões de ações da BlackBerry no terceiro trimestre, potenciando os esforços de recuperação da empresa empreendidos pelo CEO John Chen. O fundo de reformas é agora um dos dez maiores stakeholders da tecnológica canadiana, com 8,23 milhões de ações no passado dia 30

O Fundo de Pensões de Professores de Ontário comprou já cerca de 7,8 milhões de ações da BlackBerry no terceiro trimestre, potenciando os esforços de recuperação da empresa empreendidos pelo CEO John Chen.

blackberry-sign-2938

O fundo de reformas é agora um dos dez maiores stakeholders da tecnológica canadiana, com 8,23 milhões de ações no passado dia 30 de setembro. A participação de 1,6 por cento está avaliada em 84,5 milhões de dólares.

Pela primeira vez desde 2009, a BlackBerry está bem encaminhada para este ano superar o Nasqad Composite Index. O CEO tem delegado a manufatura a terceiros, vendido propriedades e fortalecendo o foco nos seus consumidores, tentando, assim, recuperar, no próximo ano fiscal, a rentabilidade perdida.

Este ano, a BlackBerry viu as suas ações crescerem 38 por cento, tendo na passada sexta-feira atingido os 10,54 dólares.

O fundo de pensões afirmou também ter compra cerca de 127 mil ações da Alibaba ao longo do trimestre. A participação na gigante do comércio digital está avaliada em 14,2 milhões de dólares.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor