BlackBerry aposta em dispositivo low-cost Z3

Mobilidade

A BlackBerry lançou no início da manhã de hoje o seu mais recente dispositivo móvel Z3 em Jacarta, cujo preço reduzido e características apelativas são as munições da empresa para tentar reavivar as vendas e reconquistar um mercado outrora bastante leal. O Z3 é um dos primeiros aparelhos a ser divulgado depois de John Chen

A BlackBerry lançou no início da manhã de hoje o seu mais recente dispositivo móvel Z3 em Jacarta, cujo preço reduzido e características apelativas são as munições da empresa para tentar reavivar as vendas e reconquistar um mercado outrora bastante leal.

blackberry

O Z3 é um dos primeiros aparelhos a ser divulgado depois de John Chen ter ocupado a posição de diretor executivo da BlackBerry no ano passado, e emerge como o primeiro de uma família de dispositivos móveis a ser fabricado com a manufatora de Taiwan Foxconn, que produz iPhones e iPads para a Apple.

A tecnológica canadiana espera que o dispositivo possa atuar como uma ferramenta de recuperação da quota de mercado perdida para a gama de smartphones da Apple e para a linha Galaxy da Samsung.

Apesar de numa primeira fase o Z3 seja somente comercializado na Indonésia, Chen avançou que pretende distribuir o smartphone low-end em todos os mercados do mundo, começando por expandir a sua venda noutros países asiáticos, como a Índia e o Vietname.

Ryan Lai, analista da consultora IDC, asseverou que a perda de consumidores indonésios deveu-se em muito ao foco que a BlackBerry deu a dispositivos de luxo, o que se traduziu numa perda de 22 por cento da quota no mercado da Indonésia, passando dos 36 por cento em 2012, para os 14 por cento registados em 2013.

Não obstante o diminuto preço de 190 dólares, o Z3 incorpora uma câmara traseira de cinco megapixéis, uma memória de armazenamento de oito GB e um processador Qualcomm de dois núcleos com uma capacidade de 1,2 GHz.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor