Bitcoin sofre queda abrupta

EmpresasNegócios

A Bitcoin sofreu uma queda abrupta depois do site chinês BTC China ter deixado de transacionar a moeda digital. Os críticos tecem bastantes dúvidas relativamente ao método como a moeda é obtida. A rede de lojas que aceitam a Bitcoin para pagamento é cada vez maior. Muitas instituições financeiras já a vê mesmo como um

A Bitcoin sofreu uma queda abrupta depois do site chinês BTC China ter deixado de transacionar a moeda digital. Os críticos tecem bastantes dúvidas relativamente ao método como a moeda é obtida.

bitcoin-silk-road-100213A rede de lojas que aceitam a Bitcoin para pagamento é cada vez maior. Muitas instituições financeiras já a vê mesmo como um dos principais métodos para pagamento online. No entanto, esta é uma moeda muito sujeita a influências externas e qualquer má notícia faz descer o seu preço em flecha.

Nos últimos tempos esta moeda tem registado um grande crescimento, tendo uma bitcoin já ultrapassado o valor de mil dólares, 732 mil euros, mas depois da China ter proibido a sua utilização, a moeda sofreu uma grande queda.

Os reguladores chineses proibiram as instituições financeiras de efetuarem negócios que envolvessem bitcoins, com a razão de que esta moeda poderia ser utilizada em especulação monetária e em atividades ilegais. As empresas têm agora apenas até ao início do próximo ano para deixarem de aceitar bitcoins.

Esta proibição resultou numa queda da moeda dos 880 para os 435 dólares, ou seja, dos 644,5 euros para os 318,6.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor