Big Data, analítica e aplicações empresariais impulsionarão software até 2018

Data-StorageSoftware

Segundo o Worldwide Semiannual Software Tracker da IDC, o mercado mundial de software deverá crescer 5,9% em 2014, um valor que representa igualmente o crescimento previsto para o período temporal que decorre entre 2013 e 2018. Software de gestão de dados estruturados, aplicações colaborativas e solução de análise deverão ser as áreas que apresentarão o

Segundo o Worldwide Semiannual Software Tracker da IDC, o mercado mundial de software deverá crescer 5,9% em 2014, um valor que representa igualmente o crescimento previsto para o período temporal que decorre entre 2013 e 2018.

Bolts of light speeding through the acceleration tunnel

Software de gestão de dados estruturados, aplicações colaborativas e solução de análise deverão ser as áreas que apresentarão o maior crescimento até 2018. De acordo com os responsáveis da IDC, a alavancagem da dimensão social da Internet continuará a fomentar o crescimento da Colaboração, sendo grande parte dele sob a forma de Software-as-a-Service (SaaS). Além disso, há que ter igualmente em conta o aumento de atenção para as soluções de Big Data e analítica, que visam ajudar as empresas a compreender e agir sobre os comportamentos antecipados dos clientes, ao mesmo tempo que pretendem fornecer novas perceções sobre a confiabilidade e manutenção dos produtos.

Na categoria de aplicações empresariais, as áreas de Customer Relationship Management, Enterprise Resource Management, Supply Chain Management e Operations and Manufacturing Applications serão as principais responsáveis pelo crescimento previsto de 6%, pois a IDC sublinha que as empresas estão a começar a implementar aplicações que antes não existiam ou que simplesmente não eram necessárias.

Numa análise geográfica, as economias emergentes continuarão a registar um crescimento mais acelerado do que as economias maduras. É que o crescimento médio previsto para 2013-2018 para as zonas de Ásia/Pacífico (excluindo o Japão), América Latina e CEMA (Europa de Leste, Médio Oriente e África) é de 8,5%, enquanto que nas regiões da América do Norte, Europa Ocidental e Japão é de 5,9%.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor