Baidu também quer lançar um carro elétrico

Mobilidade

A Baidu poderá ainda este ano lançar um carro de condução autónoma. O CEO revelou que a empresa está a investir na área dos veículos conectados e, segundo consta, está já em contacto com fabricantes automóveis. Proprietária do maior motor de busca da China, a Baidu prepara-se para entrar na lista das empresas tecnológicas que

A Baidu poderá ainda este ano lançar um carro de condução autónoma. O CEO revelou que a empresa está a investir na área dos veículos conectados e, segundo consta, está já em contacto com fabricantes automóveis.

connected cars

Proprietária do maior motor de busca da China, a Baidu prepara-se para entrar na lista das empresas tecnológicas que estão de olhos postos no setor automobilístico e que pretendem mesmo criar um carro.

Conta a Bloomberg que, na semana passada, Miao Wei, ministro chinês para as Tecnologias de Informação e para a Indústria, incitou à formação de alianças entre as tradicionais fabricantes de automóveis e empresas de outros setores. Desta forma, o ministro acredita que possam ser potenciadas a inovação e a competição no mercado.

Paralelamente, a Leshi Internet Information & Technology, de Pequim, que se especializa em televisões com ligação à web, comunicou estar também a investir montantes volumosos no desenvolvimento de carros elétricos que integram sistemas de conexão à Internet.

Em fevereiro, foi divulgado que a Apple estaria a investigar o mercado dos carros elétricos e a pensar criar o seu próprio veículo alimentado por bateria, e que integra capacidades de condução autónoma. Acredita-se que aquele que poderá, pelo menos por agora, ser chamado de “iCar” comece a ser produzido já daqui a cinco anos. Nesta altura, também a Google deverá lançar no mercado o seu carro self-driving.

O setor em 2020 deverá, pelo que parece, ser um campo de batalha entre rivais tecnológicas, e entre a indústria automóvel e a esfera das TI.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor