Autoridades alemãs detêm suspeitos de criarem bitcoins fraudulentamente

e-Commercee-Marketing

A polícia alemã já prendeu dois suspeitos de gerar fraudulentamente a moeda digital. Os detidos são acusados de terem infetado computadores com software que lhes permitia controlar os equipamentos e utilizá-los para a angariação de bitcoins. Este esquema permitiu aos suspeitos angariar 700 mil euros na moeda digital. Os Bancos centrais da China e da

A polícia alemã já prendeu dois suspeitos de gerar fraudulentamente a moeda digital. Os detidos são acusados de terem infetado computadores com software que lhes permitia controlar os equipamentos e utilizá-los para a angariação de bitcoins.

spending-bitcoinsEste esquema permitiu aos suspeitos angariar 700 mil euros na moeda digital. Os Bancos centrais da China e da França já lançaram ontem alertas sobre os riscos das bitcoins.

Para quem não sabe, a moeda digital é gerada de forma automática numa rede de computadores que permite a ligação de qualquer pessoa. Estas moedas são libertadas periodicamente e atribuídas ao primeiro computador que resolver um determinado problema matemático. Controlar uma rede de computadores permite utilizar o processamento de cada uma das máquinas.

Desde a sua criação em 2008, a moeda digital teve muito destaque nos media e despertou muito a atenção dos utilizadores. No entanto, a crise bancária no Chile e os receios sobre a segurança das poupanças modificaram por completo esta grande popularidade da moeda.

Segundo a Associated Press de Berlim, os dois suspeitos também são acusados de violar os direitos de autor e atos ilícitos relacionados com a distribuição de pornografia.

O Banco central francês avisa que “mesmo que as bitcoins não sejam um veículo de investimento credível e por isso não coloquem um risco significativo para a estabilidade financeira, representam um risco financeiro para aqueles que as têm”. O Banco acrescentou ainda que quem tem moedas digitais pode vir a ter dificuldades no processo de troca por dinheiro legal e que, se o interesse dos utilizadores pelas bitcoins diminua, o dinheiro investido pode mesmo vir a desaparecer rapidamente.

Ainda de acordo com este banco, “o caráter anónimo da moeda permite que seja usada em esquemas de lavagem de dinheiro e no financiamento de operações terroristas”.

Em novembro deste ano o valor das bitcoins ultrapassou os mil dólares, ou seja, 732 mil euros, na sequência de uma audiência no Senado americano sobre o tema.

O presidente da Reserva Federal Americana, Ben Bernanke, argumenta favoravelmente em relação à moeda digital: “Pode trazer riscos relacionados com a aplicação da lei e com assuntos de supervisão, mas também há áreas em que pode ser uma promessa de longo prazo, particularmente se as inovações promoverem um sistema de pagamento mais rápido, mais seguro e mais eficiente.

Ontem, no principal site para a venda e compra das bitcoins, o Mt.Gox, cada moeda valia 780 euros.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor