Autocarro da Euroaxess chega hoje a Lisboa

CiênciaEmpregoGestãoInovação

O autocarro da Euroaxess – Investigadores em Movimento chega hoje a Lisboa com informações sobre postos de trabalho e oportunidades de financiamento na área da investigação.

Os estudantes e os investigadores em início de carreira são convidados a visitá-lo ao longo do dia para saber como encontrar emprego noutros países e ter acesso a apoio financeiro.

O autocarro interativo dispõe de terminais de informação onde os investigadores podem testar o sítio web da Euraxess e publicar os seus currículos. Os agentes da iniciativa estão à disposição para explicar os serviços e como podem ser usados para encontrar emprego e promover as carreiras de investigação. Um fotógrafo profissional disponibiliza gratuitamente fotografias a incluir nos CV dos visitantes.

Será também organizado um programa de sessões interativas ao longo do dia, incluindo a participação da presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia,diz a organização em comunicado de imprensa.

O autocarro estará estacionado a partir das 10h00 no Instituto Gulbenkian de Ciência. Esta paragem enquadra-se num circuito de dois meses da Euraxess – com passagem por 34 cidades em 16 países.

Euraxess – Investigadores em Movimento é uma iniciativa do EEI (Espaço Europeu da Investigação). Oferece acesso a uma gama completa de informações e serviços de apoio aos investigadores interessados em seguir uma carreira na Europa.

O Euraxess Jobs funciona como um mecanismo de balcão único para lugares na área da investigação em toda a Europa e não só. Os investigadores podem pesquisar todos os lugares disponíveis. Também podem publicar os seus CV, facultando aos potenciais empregadores uma base de currículos de alta qualidade.

O Euraxess Services presta serviços de apoio e aconselhamento aos investigadores que prosseguem as suas carreiras noutro país europeu.

O Euraxess Rights promove condições de trabalho para os investigadores em toda a Europa, enquanto o Euraxess Links é uma rede que liga os investigadores na Europa e no estrangeiro.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor