ASUS tem novas metas para a sua estratégia ambiental de reciclagem

EmpresasInovaçãoTecnologia Verde

A ASUS anuncia um novo e ambicioso desafio: o de reciclar 20% do seu lixo eletrónico global (e-waste) até 2025. Todos os dias, este tipo de desperdício nocivo é colocado em aterros um pouco por todo o mundo e a Organização Mundial de Saúde deu a conhecer recentemente as sérias consequências prejudiciais para a saúde e o meio-ambiente se não se alterar a forma como gerimos o lixo eletrónico.

Atualmente, a Asus conta com joint ventures em 14 países, que representam 70% do seu negócio global, com parceiros locais qualificados para reciclagem que ajudam a reciclar o lixo eletrónico. Em 2016 a marca reciclou perto de 11 milhões de quilos de lixo eletrónico. Este valor significa um rácio de recuperação de 12,2% de todos os produtos vendidos. Além de melhorar os índices de sustentabilidade, a reciclagem do lixo eletrónico cria ainda oportunidades de negócio ao acrescentar valor aos materiais reciclados.

A importância de atos responsáveis como este para a industria de TI, nomeadamente por parte dos fabricantes, tem de  ter boa nota. A Asus tem pela frente um desafio que por si só deveria ser motivador para quando se compra um equipamento, este tipo de ação ser levada em conta, ode ainda ser cedo mas acreditamos que em breve será uma forma de diferenciar um fabricante. 

Comemoração do Dia Mundial do Ambiente

Criado pelas Nações Unidas em 1972 e celebrado no dia 5 de junho, o Dia Mundial do Ambiente foca-se numa questão ambiental diferente todos os anos. O tema deste ano foi Connecting People to Nature. Para assinalar a data e contribuir para aumentar a preocupação sob este tema, a Asus criou uma série de iniciativas sobre reciclagem em vários países, incluindo Holanda, Estados Unidos da América, Taiwan e Índia.

Os eventos tinham dois objetivos: estabelecer locais de recolha de lixo eletrónico em colaboração com os escritórios da Asus em cada país, com escolas e organizações de reciclagem, de forma a partilhar os benefícios da reciclagem de lixo electrónico com as comunidades locais; e em segundo lugar, uma meta de recolha de um total combinado de mais de 100 mil quilos de lixo eletrónico até ao fim de julho.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor