Ascendi escolhe Fujitsu para desenvolver nova infraestrutura tecnológica

Negócios
0 39 Sem Comentários

A Fujitsu foi a empresa escolhida pela Ascendi para o desenvolvimento da nova infraestrutura de processamento e armazenamento de dados, contando com o suporte da Noesis para a implementação deste projeto.

Com a nova plataforma, diz o fornecedor que a Ascendi consegue um aumento de competitividade, por via do aumento de produtividade.

A nova infraestrutura foi dimensionada para dar resposta às necessidades de armazenamento e disponibilização de informação da Ascendi, tendo em conta as características especÍficas da atividade de negócio, apresentando incrementos de performance técnicos na ordem dos 500% que se traduzem em ganhos de produtividade dos colaboradores utilizadores destes sistemas.

Segundo dados fornecidos à imprensa pelas próprias empresas, a Ascendi processa atualmente cerca de 1,5 milhões de transações por dia, que se transformam em cerca de 500 mil viagens por dia.

Para os utilizadores finais, diz a empresa que o principal benefício encontra-se na melhoria dos tempos de resposta no âmbito do Serviço de Apoio a Clientes da Ascendi. Além disso, com este aumento do desempenho global dos seus sistemas, a Ascendi consegue uma redução das despesas operacionais (OPEX) por via da simplicidade e flexibilidade do novo ambiente implementado pela Fujitsu.

“A Fujitsu desenvolveu para a Ascendi uma plataforma de armazenamento totalmente flexível e capaz de acompanhar o crescimento do negócio nos próximos anos, tendo assegurado uma evolução não disruptiva dos sistemas e bases de dados já em uso por forma a garantir a continuidade do negócio e a redução na duração do projeto”, disse Carlos Barros, diretor-geral, Fujitsu Technology Solutions.

A Fujitsu compreendeu as necessidades da Ascendi e contribuiu para uma abordagem simples e flexível da nova infraestrutura tecnológica. Esta intervenção foi essencial para a Ascendi ao assegurar as necessidades de  computação e arquivo de ambientes críticos para os próximos cinco anos e ao promover a criação de valor e o desenvolvimento do negócio através de efetivos ganhos de produtividade e redução do TCO”, acrescentou Pedro Pinto, diretor de Portagens e Diretor de Sistemas de Informação, Ascendi.

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor