Apple quer desenvolver novos e melhorados smartwatches

EscritórioInovaçãoWearable

A gigante tecnológica Apple está empenhada em desenvolver tecnologias que consigam ultrapassar o problema da pouca duração da bateria em relógios inteligentes. No seguimento do lançamento do Samsung Galaxy Gear e das consequentes críticas, a Apple foca-se agora no desenvolvimento de um leque de tecnologias que permitam o carregamento remoto do dispositivo. De acordo com

A gigante tecnológica Apple está empenhada em desenvolver tecnologias que consigam ultrapassar o problema da pouca duração da bateria em relógios inteligentes.

APPLE SMART WATCH

No seguimento do lançamento do Samsung Galaxy Gear e das consequentes críticas, a Apple foca-se agora no desenvolvimento de um leque de tecnologias que permitam o carregamento remoto do dispositivo.

De acordo com o The New York Times, é provável que a primeira tecnologia a ser apresentada seja o carregamento por indução magnética.

Apesar de ser uma das soluções para a questão da pouca duração de bateria dos relógios inteligentes, o carregamento por indução magnética não é novidade para ninguém, tendo sido adotado por vários telemóveis de nova geração.

No entanto, a Apple está já embrenhada no desenvolvimento de tecnologias de vanguarda, que só estarão disponíveis no mercado ao fim de alguns anos e em versões posteriores dos smartwatches. Uma destas inovações será o carregamento solar, em que uma fina película no ecrã do dispositivo vai ser capaz de captar a luz e convertê-la em energia.

Um carregamento baseado em energia cinética é mais uma das tecnologias que estão em suposto desenvolvimento pela Apple. Este sistema baseia-se na extração de energia através dos movimentos do braço do utilizador.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor