Apple liderou ativações de smartphones no Natal, diz Flurry

MobilidadeSmartphonesTablets
0 0 Sem Comentários

A Apple foi coroada a rainha do Natal, com mais ativações de smartphones que a rival Samsung. Os dados são da consultora Flurry Analytics, que pertence à Yahoo, e referem-se à semana antes e ao dia de Natal.

A Flurry usa um mix de ativações de smartphones e aplicações para definir quais os dispositivos mais oferecidos no Natal. De acordo com o relatório, a Apple teve mais do dobro das ativações de smartphones em comparação à Samsung, e houve um grande aumento de ativações de “phablets”, dispositivos com ecrãs iguais ou superiores a 5 polegadas.

No global, a Apple foi responsável por 44% das ativações, seguida da Samsung com 21%. “Enquanto a Samsung está lentamente a tornar-se mais popular na época natalícia, subindo 1% em relação ao ano passado, dispositivos Apple continuam a ser os presentes preferidos”, escreveu a Flurry no seu relatório.

Na terceira posição aparece a Huawei, com 3%, seguida da LG com 2% – algo que a Flurry considera “incrível”, tendo em conta que nenhuma das duas tem um dispositivo específico na lista dos 35 smartphones mais oferecidos. Isto deve-se à grande variedade de dispositivos vendidos pelas marcas, com várias opções de preço.

“Talvez não tão surpreendente seja a ausência do telemóvel Pixel da Google. Com apenas dois modelos, Pixel  e Pixel XL, e reação mista do mercado, a Google não conseguiu gerar entusiasmo nesta época natalícia”, nota a consultora.

Amazon, Oppo, Xiaomi e Motorola aparecem todas na lista com 2% das ativações.

Outra conclusão da Flurry é que “os phablets são o futuro.” Os dispositivos entre 5 e 6,9 polegadas continuaram a ganhar terreno aos telemóveis de 3,5 a 4,9 polegadas. Isso apesar de os telemóveis  de tamanho médio terem registado o maior número de ativações durante a semana anterior ao Natal, os phablets aumentaram sua quota relativamente aos médios.

Já as ativações de tablets ficaram iguais ao ano passado.

O relatório e gráficos adjacentes podem ser consultados neste link.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor