Apple condenada a pagar 302 milhões à VirnetX

e-RegulaçãoLegalMobilidadeSmartphones
0 0 Sem Comentários

A Apple perdeu o segundo julgamento contra a VirnetX Holdings por infração de patentes e foi condenada a pagar 302,4 milhões de dólares à companhia, que tem sido descrita como “patent troll.”

A decisão, ordenada por um tribunal no Texas, deve-se à utilização de partes da tecnologia de segurança de Internet patenteada pela VirnetX na aplicação FaceTime. A Apple já tinha perdido no primeiro julgamento, em Fevereiro, mas o juíz do caso anulou o resultado (que ordenava o pagamento de 625,6 milhões de dólares) e mandou realizar novo julgamento.

É que a VirnetX tinha dois casos contra a Apple, e quando ambos foram combinados num único julgamento, houve alguma confusão por parte dos jurados. A VirnetX licencia patentes e levou a Apple a tribunal em 2010 e ganhou em 2012; no entanto, o Tribunal Federal de Recurso invalidou parcialmente a decisão, argumentando que os jurados foram mal instruídos na altura de calcular os danos.

Desta vez, o resultado foi o mesmo, apesar de a soma a pagar ser menos de metade. E ainda não terminou para a empresa de Tim Cook. A VirnetX tem outra queixa a decorrer devido a novas funcionalidades de segurança dos produtos da Apple e a aplicação de mensagens iMessage.

A fabricante do iPhone pretende apelar do veredito, segundo a Cnet, mas não fez mais comentários ao problema legal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor