Apple Campus 2 deverá estar concluído em 2016

EscritórioMac

A nova sede da Apple, o Apple Campus 2, vai mesmo avançar. A “nave espacial”, nome dado devido à sua forma circular, deverá estar concluída apenas no ano de 2016. Quando Steve Jobs submeteu, em 2011, os planos da sua construção, a nova sede da multinacional norte-americana foi considerada “o melhor escritório do mundo”. A

A nova sede da Apple, o Apple Campus 2, vai mesmo avançar. A “nave espacial”, nome dado devido à sua forma circular, deverá estar concluída apenas no ano de 2016.

50543Quando Steve Jobs submeteu, em 2011, os planos da sua construção, a nova sede da multinacional norte-americana foi considerada “o melhor escritório do mundo”.

A estrutura da “nave espacial” ocupa cerca de 71 hectares quadrados e terá uma floresta de sete mil árvores plantadas propositadamente. Esta floresta foi imaginada por Steve Jobs e será agora concluída pelo designer britânico Jony Ive e pelo arquiteto Norman Foster.

Em abril deste ano foi estimado que a estrutura custaria cerca de 1480,8 milhões de euros e estaria concluída em 2015. No entanto, as estimativas apontam agora para um valor de 3,7 mil milhões de euros e um atraso de um ano na conclusão do edifício que esteve à espera de aprovação desde 2011.

A nova sede será construída em Cupertino, no Estado da Califórnia, e vai dar emprego a cerca de 13 mil pessoas. A “nave espacial” terá paredes feitas de vidro curvo a 360 graus, um campo central, um auditório de mil lugares, um ginásio e mais de 91 mil metros quadrados de espaço para investigação.

“Vão ver a energia, o amor e atenção ao detalhe que colocámos neste projeto”, afirma o CFO da Apple, Peter Oppenheimer. “Tratámos este projeto como trataríamos outro produto da Apple. Este será um sítio para as equipas mais criativas e colaboradoras desta indústria, que vão inovar as décadas que aí vêm”, acrescentou.

Norman Foster, designer da sede, acredita que este será o melhor escritório do mundo. “Eu acredito que estudantes de arquitetura virão aqui para observar a nossa sede”, diz o designer.

Este edifício será também “amigo do ambiente”, pois poupará grandes quantidades de energia, uma vez que o ar-condicionado será substituído por ventilação natural durante 70 por cento do ano. Devido às paredes de vidro, a luz artificial só será precisa onde a natural não chegar e será feita com uso de iluminação LED. A nova sede possuirá também um local de reciclagem próprio.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor